Autor de biografia censurada de Roberto Carlos faz palestra em Conquista nesta quarta


O jornalista e historiador, Paulo Cesar de Araújo, autor da biografia de Roberto Carlos que foi censurada depois de ação judicial movida pelo artista, fará uma palestra nesta quarta-feira em Vitória da Conquista, quando falará sobre biografias não autorizadas. O evento é gratuito e promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Vitória da Conquista e vai acontecer no auditório Dr. Fabiano Vieira Santos Aguiar, localizado na sede da OAB Vitória da Conquista (Rua Rotary Club, 103 – Centro), a partir das 19h00.

Radicado no Rio de Janeiro, Paulo Cesar de Araújo é natural de Vitória da Conquista, formado em história pela UFF e em jornalismo pela PUC-RJ, onde é professor do Departamento de Comunicação Social. Especialista em música popular brasileira, autor do polêmico “Roberto Carlos em detalhes” (Planeta, 2006), uma biografia não-autorizada do cantor, que o tornou conhecido em todo o Brasil. O livro de 504 páginas, que chegou a vender mais de 20 mil exemplares, não foi aceito por Roberto Carlos, que entrou na Justiça pedindo a suspensão das vendas e eventuais novas impressões.

O palestrante também é autor de “Eu não sou cachorro, não” (Record, 2002), obra que revelou a censura à música brega durante a ditadura militar e  do mais recente “O Réu e o Rei – Minha história com Roberto Carlos, em detalhes” (Companhia das Letras, 2014), que conta a história da sua intensa relação com a música do cantor e compositor ícone da Jovem Guarda e um dos maiores nomes da MPB, dos dezesseis anos de pesquisa que embasaram a redação da biografia, e por fim os meandros de uma das mais comentadas e controversas guerras judiciais travadas recentemente no Brasil.

Após a palestra, Paulo César concederá uma sessão de autógrafos do livro “O Réu e o Rei”, objeto de verdadeira polêmica pública, a batalha em torno da proibição de “Roberto Carlos em detalhes”. A obra conta história do biógrafo que tenta encontrar sentido nos anos dedicados a estudar a trajetória de seu ídolo na música brasileira. É uma história ainda sem ponto final, mas, sobretudo por isso necessária, que deve ser lida por todos os que se interessam pela discussão em torno da liberdade de expressão.

As inscrições devem ser realizadas no site: http://www.oabconquista.com.br/eventos até as 17h00.

 

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente