Anúncios

Natal de Vitória da Conquista terá João Bosco e Kell Smith no Espaço Glauber Rocha


O Diário Oficial desta terça-feira (10) publicou as atas de inexigibilidade de licitação para as contratações do cantor e compositor João Bosco e da cantora Kell Smith. Os dois serão as atrações nacionais na programação do Natal Conquista de Luz, que terá ainda a participação de 24 artistas e grupos de Vitória da Conquista e região, como Evandro Correia, Papalo, Benjamin, Alex Simpatia, Cátia Guimma e Banda e as bandas Homens de Cabaré e Dona Iracema. Além das atrações nacionais, serão 12 no palco da Praça 9 de Novembro e 12 tocando no Espaço Glauber Rocha.

A Prefeitura ainda não divulgou a programação, mas Kell Smith se apresentará no dia 22 e João Bosco deve fazer seu espetáculo no dia seguinte, 23.

Contratada por R$ 19 mil, Kell Smith tem 26 anos e estourou em 2017, com a música “Era uma Vez”, que alcançou  mais de 200 milhões de visualizações no YouTube e cerca de 35 milhões de execuções no Spotify, tendo permanecido no top das rádios por mais de dois meses seguidos no ano de lançamento. Seu mais novo single, “Não Tá Faltando Amor”, foi lançado no mês passado

Segundo o portal Pop Line, “para quem conhece minimamente o trabalho de Kell Smith sabe que a artista prega em seus textos doses massivas de humanidade e amor nas relações. Em seu novo single “Não Tá Faltando Amor”, ela abre cantando: “Por que será que a notícia do bem não viraliza?/Por que será que a gente passa mais tempo falando de tragédia do que da vida?”. E conclui, como se o título da canção fosse uma pergunta: “Não tá faltando amor/Tá faltando amar”. Veja o clipe:

JOÃO BOSCO

Quem está vivo ou conhece ou já ouviu falar em João Bosco, um dos grandes nomes da MPB, com 45 anos de carreira e sucessos que o colocaram entre os chamados monstros sagrados da música nacional.

João Bosco compôs músicas icônicas, grande parte com seu maior parceiro, Aldir Blanc, a quem conheceu em 1970, quando se mudou para o Rio de Janeiro e logo fizeram “Agnus Sei”. O primeiro LP viria no ano seguintes, tendo o próprio nome como título. Desde este “João Bosco” foram 25 títulos, sendo 21 álbuns gravados em estúdio e quatro ao vivo, além de quatro DVDs.

João Bosco transformou-se em um dos nomes do panteão musical brasileiro com músicas como Papel Machê; O Bêbado e a Equilibrista; O Ronco da Cuíca; Quando o Amor Acontece; Gagabiro; Pret-A-Porter de Tafetá; Rancho da Goiabada, entre outros. Foi gravado por muitos artistas, como a incomparável Elis Regina. Ouça O Bêbado e a Equilibrista cantado por João Bosco com a participação de Zizi Possi. Ressalvando que ele fará show de voz e violão. O cachê dele será R$ 27 mil.

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: