Vereadores | Dênis critica secretários e Viviane lamenta fechamento de maternidade


Na penúltima sessão do ano na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, a vereadora Márcia Viviane Sampaio (PT), líder da bancada de oposição ao prefeito Herzem Gusmão, lamentou o fechamento da maternidade da Santa Casa, uma instituição centenária. Segundo Viviane, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) respondeu de forma simples aos questionamentos da Comissão de Saúde da Câmara sobre o fechamento da maternidade. De acordo com a SMS, a maternidade não fez o credenciamento público pois não teria interesse em ofertar o serviço de obstetrícia. A vereadora destacou que apenas 194 eram feitos por mês.

Márcia Viviane explicou que a maternidade da Santa Casa fazia parte da rede de unidades de apoio para partos normal e de médio e alto risco na região Sudoeste e norte de Minas Gerais, enquanto o Hospital Esaú Matos é referência em partos de alto risco. Agora, segundo a vereadora, apenas o Unimec, um hospital privado, prestará serviço de obstetrícia, e a “única maternidade que será pública servindo de referência para toda a região Vitória da Conquista será o Esaú Matos”. A parlamentar avalia que poderá ocorrer uma sobrecarga no Esaú. Ela conclamou um debate mais sério sobre a situação, sobretudo para combater problemas como um possível aumento no índice da mortalidade materna e neonatal.

PAPEL DA IMPRENSA

Viviane parabenizou o trabalho da imprensa conquistense. Ela falou que, muitas vezes, os vereadores ficam sabendo de problemas pelos sites e blogs de notícias. A parlamentar falou que o prefeito trabalha loteando a cidade, atuando onde pode beneficiar aliados em detrimento da maioria da população. “Tem faltado sim merenda escolar, como faltou pão, faltou gás, faltou carne. E isso foi comprovado devidamente. E muitas vezes a própria prefeitura emite nota explicativa para a imprensa”, disse.

DÊNIS CRITICA

Já o vereador Ademilton Palmeira, conhecido como Dênis do Gás (PSC), criticou secretários do governo Herzem Gusmão, segundo o site da Câmara, por dar respostas incompletas. Dênis é da bancada de apoio ao prefeito e contou que esteve no Gabinete Civil, com o secretário-chefe e ex-prefeito Murilo Mármore (PSB) para fazer um apelo por redutores de velocidade nas avenidas A e Tupi-guarani, na Morada Real. O vereador disse que já não sabe mais a quem recorrer por essa demanda e pediu para que Murilo converse com alguns secretários sobre o tema.

Segundo o parlamentar, já aconteceram acidentes e mortes nos locais e é uma falta de respeito com os moradores da localidade. Dênis pediu uma intermediação entre os secretários e a comunidade. “Se não acontecer, vou ter uma conversa séria com o prefeito Herzem Gusmão”, afirmou. Ele lembrou que todos os vereadores precisam do suporte de um coordenador, gerente ou um secretário do município para conseguirem trabalhar. “O prefeito manda e o secretário não faz, fica difícil”, finalizou.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente