Ato falho | Erro do Diário Oficial coloca Zé Raimundo em funções na Prefeitura


O Diário Oficial do Município de segunda-feira (23) trouxe dois decretos, assinados pelo prefeito Herzem Gusmão, nos quais, em claro erro de quem o redigiu – e o prefeito assinou sem ler – aparece o nome do ex-prefeito e atual deputado estadual José Raimundo Fontes (PT) em duas comissões inventariantes.

Os decretos 19.995 e 19.996/2019 instituem, respectivamente a comissão responsável por acompanhar e verificar o Inventário Geral dos Bens Móveis e Imóveis pertencentes à Prefeitura e a comissão para acompanhar e verificar o Inventário Geral dos Bens de Consumo, existentes no Almoxarifado da Prefeitura.

As duas comissões têm três membros, cada. Para a primeira foram nomeados Rodrigo Carvalho Magalhães, que a presidirá, Leandro Fonseca Ferreira e José Raimundo Fontes. A segunda tem quase a mesma composição, mas Thácio Lopes Santos entra no lugar de Leandro Fonseca. José Raimundo continua.

Acontece que não há nenhum José Raimundo Fontes trabalhando na Prefeitura. Só há nove nomes Raimundo entre os 8.900 servidores do município. São cinco sobrenomes, sendo quatro de mulheres, dois primeiros nomes e dois segundos nomes. Nenhum é José Raimundo Fontes. O único com esse nome e história com a Prefeitura, é o ex-prefeito, que, se depender de Herzem só vai lá pagar imposto. Mesmo assim, certamente sem ler, ele o nomeou para exercer funções na gestão municipal.

Parece evidente que foi um ato falho do servidor que digitou a lista. Escreveu o primeiro com o primeiro nome que lhe veio à mente e depois deve ter copiado e colado. Apenas um pequeno erro que alimenta o já rico anedotário político conquistense. Os dois decretos devem sair corrigidos na edição desta terça-feira (24), com o nome certo do servidor José Raimundo Costa Fernandes, o Juca, matrícula 2037782, ex-secretário de Saúde nesta gestão e um dos melhores quadros da Prefeitura de Vitória da Conquista.

O escorregão vira humor, mas tem gente vendo um sinal profético nessa pequena confusão.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente