É pré-candidato | Em ação de marketing, David Salomão divulga devolução de verba de gabinete


Ele nega que seja uma ação de marketing e alega que é uma prestação de contas que faz desde o início do mandato de vereador, mas, o fato é que David Salomão, um dos pré-candidatos a prefeito de Vitória da Conquista, está, mais uma vez, com seus rosto estampado em outdoors vistos em vários pontos da cidade, além de banners nas redes socias. Na peça, ele divulga que fez a devolução de mais de R$ 130 mil de verba de gabinete à Câmara de Vereadores.

O BLOG entrou em contato com Salomão pelo WhatsApp para saber detalhes do valor devolvido e aproveitou para saber se ele mantém a posição de não usar recursos dos fundos partidário e eleitoral na sua campanha de prefeito, se ela se confirmar. O vereador afirmou que não apenas ele não usará como nenhum dos que forem candidatos a vereador com seu apoio. Para David Salomão, não existe almoço grátis e a corrupção começa na campanha política. “Como um candidato justifica uma campanha milionária se ele vai receber em torno de 20 mil reais?”, questiona.

O vereador continua confiante que pode vencer o prefeito Herzem Gusmão e o PT nas eleições de 4 de outubro do ano que vem. Mesmo sem ter pesquisas, David Salomão acredita nas enquetes e manifestações espontâneas nas redes sociais e garante que os levantamentos não afagam o ego dele,

VEJA A ENTREVISTA

BLOG – David, vi um banner seu no Facebook sobre sua prestação de contas, com devolução de recursos. Pode dar detalhes?
SALOMÃO – Eu estou fazendo a minha parte. Pode observar a farra que fazem com passagens e diárias na prefeitura. É algo absolutamente descabido com tantas prioridades que temos. Mas, o país tem jeito! A classe política precisa dar exemplo. Se um vereador do interior, em apenas um ano, consegue economizar essa quantia, imagine cerca de 70 mil políticos?

BLOG – Mas, esse valor refere-se a quê? Verba de gabinete? Chega como na conta dos vereadores?
SALOMÃO – É verba de gabinete. Material de expediente. Fora o carro oficial que dispensei. O carro não entrou na conta.

BLOG – Você tem quantos assessores?
SALOMÃO – Tenho cinco assessores.

BLOG – Sua candidatura pode ser um empecilho de sucesso das candidaturas tradicionais, mas você disse que não fará uso das verbas dos fundos político e partidário, como imagina que vai enfrentar uma eleição que, por baixo, custa uns 500 mil reais?
SALOMÃO – A corrupção começa na campanha política. Como justifica um candidato fazer uma campanha milionária se ele vai receber em torno de 20 mil reais? Essa conta não fecha. Não existe almoço grátis. Eu iniciei, solitariamente, uma campanha de conscientização da população e, ao mesmo tempo, contra os políticos que fazem uso de dinheiro público em campanha. Nunca utilizei recurso público em campanha. E não será agora que irá acontecer.

Dinheiro público deve ser investido em saúde, educação e segurança pública.
Não consigo entender como um político gasta milhões na própria campanha enquanto crianças morrem por falta de vagas em UTI. Não farei uso de dinheiro público e quem estiver comigo também deverá abrir mão.

BLOG – Isso não dificulta a formação da chapa de vereadores?
SALOMÃO – No meu entender não, o povo está cansado de ser lesado. Nestas eleições eu creio que a população escolherá quem não fizer uso de dinheiro público.

BLOG – Você tem pesquisa?
SALOMÃO – Temos pesquisa espontânea. E em todas elas estamos liderando, em qualquer cenário.

BLOG – Você fala das redes sociais? Confia nelas?
SALOMÃO – Confio mais do que nas encomendadas. Apesar de não me preocupar com pesquisas. Não afagam meu ego.

BLOG – Obrigado. Mais alguma coisa?
SALOMÃO – Agradeço a confiança dos conquistenses e desejo um feliz Natal e próspero Ano Novo para todos.

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente