Mais um suspeito de tráfico reage à Rondesp e acaba morto em Conquista


Luís Henrique Simões Santos, 28 anos, morreu no início da madrugada deste domingo, em ação da Rondesp no combate ao tráfico de drogas. De acordo com boletim enviado pela unidade da PM no Sudoeste, por volta das 23h40, a Rondesp Sudoeste recebeu informação de que em uma casa na Rua Desembargador Mármore Neto, bairro Cidade Modelo, em Vitória da Conquista, estaria ocorrendo intenso tráfico de drogas.

Diante das informações, guarnições deslocaram-se até o referido bairro e, ao se aproximar do local, avistaram dois homens encostados em uma parede. Os dois, ao perceberem a chegada da viatura empreenderam fuga, segundo o boletim, sendo que um deles teria conseguido fugir pulando muros e o outro entrou em uma residência.

Os policiais iniciaram a incursão no imóvel, mas foram recebidos a tiros e reagiram. Após cessados os disparos Luís Henrique foi encontrado um caído e junto dele uma pistola PT 57, calibre 7.65.  Levado ao Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), foi constada a morte dele.

Luís Henrique tinha sido preso pela Delegacia de Homicídios em julho de 2012, quando tinha 21 anos, acusado de ter matado Ivanilson da Silva Costa, de 25 anos, em um bar localizado no Bairro Ibirapuera, em Conquista. Na ocasião, também foi baleado nas costas Esaú Meira de Souza, mas foi socorrido e sobreviveu.

Após a prisão, ao ser interrogado no inquérito policial instaurado na DH, Luís Henrique confessou os crimes e disse que assassinou a vítima por vingança.

MATERIAL APREENDIDO

Uma pistola PT 57 numeração M11382, calibre 7.65 com cinco munições intactas
Uma balança de precisão
41 Petecas de cocaína
R$ 25,50 centavos
Um tablete de crack pesando aproximadamente 1 quilo

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente