Samu 192 fez mais de 13 mil atendimentos em Conquista no ano passado

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) 192 Regional, que atende Vitória da Conquista e mais 11 municípios – Itororó, Macarani, Jânio Quadros, Belo Campo, Poções, Cândido Sales, Itambé, Anagé, Maetinga, Itapetinga e Condeúba – recebeu, durante o ano passado, 345.180 chamados. Destes, 13.495 resultaram em atendimentos em Vitória da Conquista.

O Samu 192 conta com uma equipe de quatro atendentes que identificam a queixa do paciente e transferem para o médico regulador, de forma que ele possa orientar e avaliar a gravidade de cada caso para, assim, acionar o operador de frota que vai encaminhar a equipe de atendimento ao local da ocorrência.

O serviço conta também com uma equipe de profissionais do Núcleo de Educação Permanente (NEP) que desenvolveu ao longo de 2019 mais de 100 capacitações de primeiros socorros em escolas, empresas, condomínios, bases descentralizadas, unidades básicas de saúde, UPA e Corpo de Bombeiros.

A frota em atuação em Vitória da Conquista é composta por uma Ambulância de Suporte Avançado e 4 Unidades de Suporte Básico e em 2019, renovou três veículos, o que ajudou a otimizar o tempo-resposta entre os chamados da população e o encaminhamento aos hospitais de referência. “A renovação da frota ajudou bastante, porque os carros antigos acabam sucateando muito rápido. Foi um avanço de 2019: poder contar com as cinco ambulâncias rodando em tempo integral”, afirma Gileaide Santana, coordenadora do SAMU 192. Segundo ela, no início deste ano o serviço vai receber mais uma ambulância do Ministério da Saúde para renovação de frota.

TROTES

Do total de ligações recebidas pelo SAMU durante o ano passado, 24.940 foram trotes. Apesar do número ser alto, Gileaide Santana destaca que houve uma redução em relação ao ano de 2018, em que foram registradas 31.535 ligações falsas. “Nas palestras que realizamos, temos orientado a população quanto à questão do trote; orientamos as crianças nas escolas e em todo lugar que a gente vai. Quando a gente está ouvindo um trote, deixamos de ouvir quem realmente está precisando de socorro”, alerta Gileiade.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente