Prevenção à Gravidez na Adolescência é tema de encontro do NUCA de Conquista


Na última sexta-feira (31), integrantes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA) reuniram-se para discutir a gravidez na adolescência, comum entre os jovens brasileiros. Para conversar sobre o tema, o Nuca convidou a equipe da Atenção Básica e do Centro de Referência e Apoio à Vida (Crav) da Secretaria de Saúde. Durante o encontro, foi distribuída a Caderneta do Adolescente (em sua versão feminina e masculina) do Ministério da Saúde.

A ação fez parte da Semana Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência, instituída pela Lei nº 13.798/19, promovida pela Prefeitura em parceria com o Selo Unicef. “O objetivo é que durante esta semana possamos, por meio da educação sexual, conscientizar os jovens sobre as consequências do sexo sem proteção. E não tem só a gravidez como consequência, mas as infecções sexualmente transmissíveis como aids e sífilis”, esclareceu a coordenadora da Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente e articuladora do Selo Unicef, Camilla Fisher.

Médica Mayle

 

A médica Mayele de Farias de Oliveira, da Secretaria Municipal de Saúde, fez a palestra princicipal e abordou a importância da proteção. “Por que a gente fala de gravidez na adolescência? Porque as adolescentes continuam ficando grávidas, ou seja, continuam tendo relações de risco, sem camisinha. O melhor é combinar camisinha mais anticoncepcional porque nenhum método é 100% eficaz. Quanto mais proteção, menos chance de engravidar e adquirir infecções sexualmente transmissíveis. Todos os métodos estão disponíveis para os adolescentes nas Unidades de Saúde. E não precisam da autorização dos pais para seu acesso” explicou Mayele.

O enfermeiro do Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano (Caav), Antoniel Santos, falou sobre as principais Infecções Sexualmentes Transmissíveis (IST) e sobre a forma correta de usar os preservativos feminino e masculino, que são disponibilizados para adolescentes a partir de 12 anos no Caav e nas unidades de saúde. Além das palestras, todos os participantes receberam a Caderneta do Adolescente. Para a adolescente Adelaine Rocha da Silvam de 14 anos, moradora do bairro Ibirapuera, o tema discutido no encontro foi muito importante: “Eu tinha muitas dúvidas e com este encontro eu já não tenho mais. Gostei muito da cartilha e da palestra”, comentou ela.


COM TEXTO E FOTOS DA SECOM PMVC

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente