Em vídeo, secretário defende polícia baiana no caso da morte do miliciano carioca e pede respeito


Em vídeo divulgado pela Secretaria de Comunicação (Secom), o secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa, defendeu a ação policial que terminou com a morte do contra o miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, em um sítio, no municipio de Esplanada, no domingo (9), e pediu respeito à polícia da Bahia. De acordo com Maurício Barbosa, as equipes agiram dentro da lei e com total profissionalismo no confronto contra o ex-capitão do Bope e chefe de uma das milícias mais pergosas o Rio de Janeiro. O criminoso era procurado internacionalmente.

O secretário destacou que a SSP agirá com máxima agilidade e total transparência. Lamentou o fato de o caso estar sendo usado por alguns de forma política e exigiu respeito ao trabalho da polícia.

“Estávamos diante de uma pessoa de alta periculosidade, envolvidos em diversos crimes e com treinamento de tiro, pois chegou a ser um policial de operações especiais. Óbvio que queríamos efetuar a prisão, mas jamais iríamos permitir que um dos nossos ficasse ferido ou saísse morto do confronto”, enfatizou Barbosa.

O secretário acrescentou também que as equipes envolvidas agiram da melhor forma. “Temos que reconhecer a coragem e técnica dos policiais militares baianos destacados nessa missão”, disse.

O chefe da SSP falou ainda que o confronto, como qualquer outro que ocorre, é apurado pela Corregedoria e que o inquérito será divulgado assim que concluído.

VEJA O VÍDEO


COM TEXTO DA SECOM GOVBA

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente