Conquista | Hospital de Base tem dez leitos de UTI para o coronavírus e pode chegar a 25, mas SMS já pensa em espaços alternativos

Em entrevista coletiva, por meio do YouTube, o secretário Alexsandro Nascimento Costa disse que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Vitória da Conquista já está estudando a possibilidade de utilizar locais e instalações não hospitalares para internar pacientes que apresentem casos graves do novo coronavírus. Medida semelhante foi tomada pelo governo do Estado, ao aceitar a oferta do Bahia para usar o espaço do Fazendão e obter na Justiça as instalações do antigo Hospital Espanhol.

Segundo Alexsandro Nascimento, o Plano de Estadual de Contingência coloca o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), conhecido como Hospital de Base, como referência para os casos graves do coronavírus em Vitória da Conquista e região. Em recente reunião com o Ministério Público, com a presença do diretor-geral do hospital, Giovani Moreno, que informou que a unidade conta com dez leitos de UTI reservados para os casos graves do Covid-19,  com uma projeção de mais 15 leitos, havendo, ainda, a possibilidade de usar também leitos de enfermaria, “caso a gente tenha um pico de casos graves”, disse o titular da SMS.

Alexsandro destacou que só são internados em hospitais os casos graves e que 80% dos casos do coronavírus podem ser resolvidos na unidade básica de saúde, mesmo assim, a Secretaria Municipal de Saúde está estudando o uso de alguns espaços da cidade que possam ter a finalidade de receber pacientes em estado grave. “A gente também está tentando junto ao Ministério da Saúde financiamento para a colocação de leitos de UTI [nos espaços]. A gente depende da análise do ministério e se ele e entender que os leitos do HGVC são insuficientes”.

O secretário afirmou que a Prefeitura considera a necessidade de aumentar o suporte hospitalar para a possibilidade de a cidade ter muitos casos do novo coronavírus. “A gente se articula se precavendo para uma situação em que será necessário. A gente já tem uma estratégia nesse sentido, no caso de um suporte hospitalar para as situações que exijam esse tipo de atendimento”, adiantou.

Considerando que a grande maioria dos casos pode ser resolvida na unidade de saúde, o secretário de Saúde de Vitória da Conquista afirma que a Prefeitura está “dando um reforço às UBS, com ampliação de horários”. De acordo com Alexsandro Nascimento, hoje mesmo, o Ministério da Saúde divulgou uma portaria em que amplia o financiamento para atenção primária em saúde, para as unidades básicas. “A gente vai pleitear esse recurso para que a gente tenha as UBS no maior espaço de tempo e atendendo à população”.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

2 thoughts on “Conquista | Hospital de Base tem dez leitos de UTI para o coronavírus e pode chegar a 25, mas SMS já pensa em espaços alternativos

  1. Qual a situação de leitos de UTI no hospital de base nesse momento ?
    Estou perguntando pq minha mãe está na fila de espera pra cirurgia e sem UTI livre ela não será operada.
    Obrigada !

    1. Oi, Vitória, desculpe a demora. O Hospital de Base tem 39 leitos ativos para adulto. São dez dedicados ao Covid-19 e 29 para demais patologias e não estão todos ocupados. Desejo que sua mãe esteja bem. Abraço.

Comente