Coronavírus e política | Não dá para reclamar de Herzem, a Prefeitura está fazendo certo a parte dela

A divulgação de uma carta aberta do diretório municipal do PT em Vitória da Conquista, ao prefeito Herzem Gusmão, sugerindo ações e medidas e oferecendo ajuda foi uma atitude política. Poderia ter sido uma carta enviada ao prefeito de forma cerimonial ou um contato pessoal ou virtual de alguém que pudesse falar em nome do partido. Mesmo assim, apesar de ser uma ação política, foi uma ação positiva, construtiva.

Mas, há ações deletérias, maldosas, mesmo em um momento grave como esse que passamos, na luta contra um mal que pode causar prejuízos sem igual na história, em termos de vida e de economia. As redes sociais servem a esse propósito. Há pessoas tão presas à picuinha, ao objetivo de desmontar esse ou aquele gestor ou político, que não cessam a batalha por nada. Nem para salvar vidas. E tanto faz que o gestor seja do PT ou do MDB.

Rui Costa, o governador que tomou as medidas mais corajosas e ainda lidera a reação do Nordeste à ameaça do Covid – 19 apanha a cada anúncio. Leitores de títulos e manchetes e aficionados das fake news, especialmente os espalhados pelo WhatsApp estão a postos para tentar abater o comunista.

Herzem Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista está tomando decisões tempestivas, ouvindo, sempre que possível, os setores envolvidos, buscando evitar que o município seja tomado pelo coronavírus. Seria uma desgraça. A estrutura de saúde não suportaria e, economicamente, Vitória da Conquista poderá sair em frangalhos, se o governo municipal não for ágil e exercitar sua autoridade sem medo. Isso Herzem tem feito. Falta definir medidas relacionadas a alguns setores, como o transporte por vans. E como vão funcionar as feiras-livres.

Porém, desde o início da semana, o prefeito vem decretando medidas, corajosas, inclusive, como mandar fechar escolas e faculdades particulares, que visam o resultado que todos desejamos: evitar que o coronavírus se espalhe em Conquista.

Na manhã deste sábado, o prefeito e entidades do comércio e do setor de produção discutiam a assinatura de um decreto fechando estabelecimentos comerciais, quando descobriu que a minuta do documento vazou. Alguém do governo passou à redes sociais. Isso fez com que a decisão atrasasse, mas deve sair ainda hoje.

Além do mais, as secretarias e equipes vêm agindo de forma integrada, definindo cuidados e ações de prevenção em suas áreas de atuação. Falta ainda ao prefeito dar uma solução para as pessoas em situação de rua. É preciso destacar um local e vigilância – segura e respeitosa – para que eles não estejam nas ruas expondo-se e expondo terceiros ao risco.

Evidentemente que o histórico de erros ou falhas da gestão não são descartados apenas porque a Prefeitura está atuando com firmeza no tocante à ameaça do coronavírus. Mas,  trabalho de Herzem, no geral, quanto ao problema, no entanto, é merecedor de nosso reconhecimento. Mas, tem quem prefira continuar atacando o prefeito, desvalorizando suas ações, visando uma eleição que ninguém sabe se ainda vai ter este ano. Isso é tão doente quanto um vírus que afeta a saúde corporal.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente