Anúncios

Em 27 dias, casos suspeitos de coronavírus em Conquista passaram de cinco para 109. Só 35 foram descartados

Desde o dia 28 de fevereiro, quando a Prefeitura de Vitória da Conquista, divulgou os cinco primeiros casos suspeitos do novo coronavírus na cidade, até ontem (25) às 17 horas, foram 109 notificações, apenas 35 descartadas e 74 casos continuam sob observação, aguardando o resultado dos testes. A quantidade de notificações aumentou 2.180%, enquanto somente 32% dos casos tiveram resultados dos testes divulgados.

No dia 3 de março, cinco dias depois das primeiras notificações, a Prefeitura anunciou que todos os cinco casos suspeitos haviam sido negativados. No dia 5 de março, outros três casos suspeitos foram notificados no município, três mulheres e um homem, na faixa etária de 20 a 37 anos. No dia seguinte, surgiu mais um.

Até o dia 10 de março, a velocidade entre notificações de casos suspeitos, realização dos testes e resultados, parecia rápida. A SMS informou, no dia, que desde 28 de fevereiro tinham sido registrados 11 casos suspeitos, nove já tinham sido descartados e dois aguardavam o resultado laboratorial das amostras enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Porém, desde então, as notificações aumentaram e os resultados de testes não acompanharam a evolução dos casos suspeitos.

CONTINUA DEPOIS DA MENSAGEM DA CLÍNICA SONNAR


CRESCIMENTO DE NOTIFICAÇÕES x RESULTADOS DE TESTES

As dificuldades com testes e a demora para ter os resultados começaram, ao que os boletins da SMS indicam, no dia 15 de março – há dez dias -, quando eram 13 os casos notificados, com nove descartados, mesma quantidade de cinco dias atrás, com quatro aguardando o resultado da análise pelo Lacen.

Está claro que os dois casos suspeitos de cinco dias atrás ainda não tinham resultado. E mais dois foram acrescentados à lista. Os casos suspeitos que aguardavam o resultado dos testes ainda iriam esperar mais. No dia 17, outros dois casos foram notificados de possível infecção pelo novo coronavírus. Os casos descartados, 12 dias depois, ainda eram os mesmos nove do dia 5 de março. O total de casos notificados em Vitória da Conquista, desde 28 de fevereiro, chegou a 15 e mais dois foram se juntar à relação que esperava resultado, somando seis em 12 dias.

No dia seguinte, 18, a fila iria diminuir com a chegada, pela manhã, do resultado de mais um exame. Felizmente, descartado. De nove, passaram para 10 as notícias de alívio. Mas, então, já eram 12 casos suspeitos aguardando resultado. No dia seguinte, a quantidade de casos com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Novo Coronavírus saltou para 25, aguardando análise das amostras coletadas, 13 a mais que o dia anterior. Não foi divulgado resultado de exame naquela data.

No dia 19, a cidade contabilizava os mesmos 12 casos descartados laboratorialmente e 31 aguardavam análise laboratorial, seis casos a mais que o boletim divulgado em 18 de março.

No último sábado, 21, a Secretaria Municipal de Saúde informou 46 casos suspeitos. Dos que aguardavam o resultado de exames laboratoriais 16 foram descartados, nenhum confirmado. Os resultados negativos eram em quantidade quase igual ao aumento das novas notificações de suspeitas, que foram 15 entre quinta e sábado.

MUITAS SUSPEITAS POUCOS RESULTADOS

No domingo, 22, mesmo dia em que o prefeito Herzem Gusmão assinou decreto fechando temporariamente a maioria do comércio, a Prefeitura comemorava que tinham sido descartados mais oito casos suspeitos, um feito, considerando a velocidade do Lacen em dar resultados de testes. Ao mesmo tempo que oito casos foram descartados, a lista de casos suspeitos aumentou para 57, 11 a mais que o boletim anterior. Naquela data, 22 de março, a Prefeitura de Conquista reclamou que o governo estadual não mandara testes suficientes e que poderia estar havendo subnotificação de casos

Na segunda-feira (23), a quantidade de casos descartados era a mesma, desde 28 de fevereiro: 24. A fila de espera aumentara para 67 casos foram notificados. Naquele dia, a Prefeitura afirmou que nenhum resultado havia sido divulgado Lacen, do Governo do Estado, responsável pela análise das amostras enviadas.

Na terça-feira (24), os casos suspeitos caíram para 60, com a divulgação de dez resultados, elevando a quantidade de casos descartados para 34, desde 28 de fevereiro.

No entanto, na quart26a-feira (25) o número de casos suspeitos voltou a crescer, com 15 novas notificações, passando para 74 possíveis casos do novo coronavírus. Os descartados, considerando a data de 28 de fevereiro, somam 35 casos até esta data. Desde então, a Prefeitura de Vitória da Conquista contabiliza 109 casos suspeitos para o novo coronavírus (Covid-19).

 

 

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: