Anúncios

Rui Costa recomenda comércio aberto nas cidades sem casos de coronavírus. Considerou que testes são restritos?


Orientação técnica da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) relaciona quais os pacientes com suspeita do novo coronavírus (Covid -19) devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA (veja no fim da matéria). Pela lista de critérios, o percentual de pessoas com suspeita da doença que são submetidas ao teste é reduzidíssimo e isso explicaria por que uma cidade como Vitória da Conquista ainda não tem nenhum caso positivo, mesmo com mais de 300 mil habitantes (sede do município), dotada de aeroporto e estação rodoviária com fluxo intenso de pessoas indo e vindo para estados do Sul e Sudeste, principalmente São Paulo, além de ser passagem de uma das rodovias mais movimentadas do país.

Tem gente que acredita que seja milagre, outros atribuem à ação rápida do prefeito Herzem Gusmão ao mandar fechar escolas públicas e privadas, faculdades, academias, etc. e, mais recentemente, a maior parte do comércio e todos os restaurantes e bares. Mas, não é pequena a parcela da população que desconfia que a ausência de casos confirmados em Vitória da Conquista se deve à falta de testes. Simples assim: a grande maioria das pessoas com sintomas – os casos suspeitos – não é testada.

De 109 casos notificados desde 28 de fevereiro, somente 35 foram descartados. Só na última semana (até ontem, 25) foram 87 notificações de casos suspeitos e apenas 25 foram descartados neste tempo. Isso pode indicar que só estes 25 foram testados. Se todos fossem ou todos estariam descartados ou haveria caso positivo. E existe uma explicação para que esses testes não tenham sido feitos: só algumas pessoas são submetidas ao exame para detecção ou não do vírus.

Na manhã desta quinta-feira (26) o BLOG recebeu mensagem de uma pessoa afirmando ter conhecimento de que várias pessoas com sintomas foram atendidas e mandadas de volta para casa sem testagem. Que não puderam fazer nem no setor privado, que teriam recebido testes apenas ontem ou hoje.

Diante dessa situação, é razoável dizer que Herzem Gusmão acertou ao determinar o fechamento do comércio e outros setores de Vitória da Conquista. Mas, considerando que a maioria dos casos suspeitos na cidade não foram testados e, portanto, existe grande probabilidade de alguém já ter sido infectado com o vírus, mas não fez os exames para confirmar, o governador Rui Costa está certo em recomendar o funcionamento do comércio e similares?

ORIENTAÇÃO TÉCNICA DA SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SOBRE QUEM DEVE FAZER O TESTE EM CASO DE SUSPEITA DE COVID – 19

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: