Não tem risco? | Prefeitura proíbe bares, mas libera eventos com até 50 pessoas


Em um dos trechos da fala que fez neste domingo (29) para anunciar que lojas de rua, restaurantes, bares, escolas, academias, teatros, etc., ficarão fechados como forma de evitar a contaminação pelo novo coronavírus (Covid – 19), o prefeito Herzem Gusmão disse que estão liberados eventos com até 50 pessoas. Nos parece uma contradição. Ocorre ao mesmo tempo que a polícia e órgãos municipais interrompem babas de futebol e pequenas aglomerações verificadas na cidade.

Na mensagem, gravada em vídeo, Herzem diz: “O comitê resolveu continuar mantendo algumas restrições: (…) nenhum evento acima de 50 pessoas”. A medida preocupa. No Brasil, não há consenso em relação à quantidade de pessoas que podem estar reunidas no mesmo lugar, em eventos, como mencionado pelo prefeito Conquista, mas especialistas recomendam que sejam evitados grupos, mesmo pequenos.

Um exemplo é a medida adotada pelo governo de Pernambuco. Lá estão proibidas, desde segunda-feira (23), reuniões com mais de 10 pessoas e isso seguindo as recomendações de distanciamento de pelo menos um metro entre as pessoas.

Como tem sido alertado por especialistas e pelo Ministério da Saúde a Covid -19 pode ser assintomática. Pessoas infectadas podem não saber que estão doentes e, nessa condição, não serão diagnosticadas. Isso dificulta a prevenção à contaminação, já que nem a pessoa que pode ter a doença e nem as demais saberão quem já tem a doença. Aglomerações serão sempre um risco por causa disso, assim, a medida de permitir reuniões com até 50 pessoas nos parece contraditória, considerando as preocupações e os cuidados demonstrados pelo prefeito Herzem Gusmão.

No Brasil, a pressão por manter liberados eventos com até 50 pessoas, mesmo diante da pandemia e dos riscos de infecção pelo novo coronavírus, tem sido maior dos segmentos religiosos, com igrejas evangélicas exercendo maior força.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente