Vitória da Conquista | Empreiteira monta canteiro para iniciar obra da estação de transbordo da Lauro de Freitas


A empreiteira PJ Construções e Terraplanagem deu início, na manhã desta quarta-feira (29) à montagem do canteiro para a obra de construção da estação de transbordo da Lauro da Feitas, no lugar do antigo terminal de ônibus, desativado pela Prefeitura de Vitória da Conquista, no início do mês.

A revitalização do terminal, construído em 1985, pelo ex-prefeito José Pedral Sampaio, vem sendo projetada desde 2013. Um projeto arquitetônico foi deixado pela administração anterior e chegou a receber a aprovação do prefeito Herzem Gusmão, no início da gestão, mas a Prefeitura optou por uma remodelação e ao invés de apenas reformar o antigo terminal, decidiu construir uma moderna estação de transbordo.

A Prefeitura ainda não assinou o contrato com a Caixa para liberação do dinheiro do empréstimo de R$ 50 milhões aprovado para Câmara de Vereadores no ano passado, do qual R$ 6,6 milhões serão investidos na obra da estação de transbordo, mas o governo municipal decidiu iniciar a obra com recursos próprios até que a Caixa comece a liberar os valores equivalentes ao projeto.

O prefeito Herzem Gusmão afirma que a obra é uma prioridade da cidade, uma reivindicação que vem sendo feita pela população há muitos anos, e não poderia esperar mais. “O terminal de ônibus da Lauro de Freitas foi uma das obras mais importantes feitas por J. Pedral, uma obra de visão, tanto é que durou 35 anos, mas ficou obsoleta e até perigosa e passou a ser urgente a sua revitalização total”, disse o prefeito.

Segundo Herzem Gusmão, as obras começarão, efetivamente na segunda-feira (4) e até o dia 4 de junho a Caixa deve liberar o primeiro boletim de medição, que autorizará o pagamento da primeira parcela do projeto. “Se necessário, espero que não, a obra será tocada com recursos próprios até que a Caixa libere os recursos”, explica.

O prefeito voltou a afirmar que nenhum real será tirado da Saúde e destacou que os recursos do tesouro municipal utilizados na obra serão restituídos com a liberação do dinheiro do Finisa. Herzem enfatiza a importância do investimento neste momento de crise por causa da pandemia do novo coronavírus: “Esse empréstimo injeta recursos na economia da cidade, possibilita obras importantes e geração de empregos”. A previsão é de que a estação de transbordo esteja concluída em seis meses.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente