Prefeitos do MDB baiano estão insatisfeitos com comando estadual e apelam à direção nacional por mudança

BANNER_728x90_GIF

O BLOG teve acesso a uma carta assinada pelos prefeitos de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, Feira de Santana, Colbert Martins Filho, e Itapetinga, Rodrigo Hagge, em que os três, demonstrando insatisfação com o atual comando do MDB na Bahia, solicitam ao presidente nacional do partido deputado federal Baleia Rossi (SP), interfira para proporcionar uma “reformulação de Executiva Estadual, incorporando lideranças importantes do partido que nela não se sentem representadas”.

No documento enviado, os prefeitos dizem que seu apelo interpreta “sentimento dominante no MDB da Bahia, e por delegação de companheiros prefeitos das maiores cidades comandadas pelo partido no Estado da Bahia”. Herzem, Colbert e Rodrigo afirmam que o MDB da Bahia talvez seja “o que mais sofreu em decorrência da crise que atingiu as mais destacadas das nossas lideranças, Brasil afora”.

Os prefeitos destacam que, “pela primeira vez, em toda a sua longa história, o MDB da Bahia não compõe a bancada federal da legenda, depois de eleger 23 deputados federais e 3 senadores, nos idos de 1986”. Na Assembleia Legislativa, o partido tem apenas um representante, enfatizam os gestores emedebistas do interior e dizem que ao partido resta, como patrimônio político, “um razoável número de prefeitos e vereadores”;

Os prefeitos se queixam de que a direção estadual do MDB na Bahia não representa os filiados, tampouco os ouve. “A Executiva Estadual, com todo respeito aos seus integrantes, está longe de representar o conjunto do que restou do MDB. Importante realçar que nenhum prefeito do Estado da Bahia é ouvido para tomada de decisões, inclusive, os prefeitos de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Itapetinga dentre outros”, reclamam.

Presidente nacional, Baleia Rossi é chamado a interferir para mudar MDB da Bahia

Ressalvando que não pedem uma intervenção, mas uma mediação da direção nacional “para que ocorra uma reformulação na Executiva Estadual, de modo que ela possa adquirir a representatividade política de que carece a nossa histórica agremiação política”, os prefeitos de Vitória da Conquista, Feira de Santana e Itapetinga pedem ajuda do presidente Baleia Rossi para incorporar “lideranças importantes do partido que nela não se sentem representadas”.

Na carta, Herzem Gusmão, Rodrigo Hagge e Colbert Martins indicam o petrolinense Fernando Bezerra, senador pelo estado de Pernambuco e líder do governo Bolsonaro no Senado, para auxiliar nas negociações visando a reformulação na direção do MDB da Bahia. “Em virtude das dificuldades de locomoção, em decorrência da quarentena, estamos credenciando o Senador Fernando Bezerra Coelho, com delegação dessas nossas preocupações, e por certo, servirão para fortalecer o nosso MDB da Bahia”, encerra a carta que deve ter o efeito de um tsunami no partido, que hoje tem à frente, como presidente Alex Futuca, da confiança do ex-deputado Lúcio Vieira Lima, que anunciou sua desfiliação do MDB no início de abril.

O senador Fernando Bezerra (PE) foi escolhido para defender o pleito dos prefeitos

O BLOG procurou o prefeito Herzem Gusmão para comentar o teor da carta, mas ele não quis falar. No entanto, não negou sua veracidade, limitando-se a dizer que “há um sentimento pela mudança no MDB, sim”.

ATUALIZAÇÃO: Logo após a publicação desta matéria, o prefeito postou em suas redes sociais uma manifestação sobre o assunto. “Assinei uma carta, em conjunto com o prefeito de Feira de Santana Colbert Martins e o prefeito de Itapetinga Rodrigo Hagge, solicitando mediação da Direção Nacional do MDB junto a Direção Estadual do partido, no sentido de adquirir a representatividade política de que carece a nossa histórica agremiação política”, disse Herzem no Facebook e no Instagram.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente