Hoje, em reunião do Comitê Interinstitucional será anunciada a reabertura do comércio. “Assim espero”, diz Herzem

BANNER_728x90_GIF

Depois de ter adiantado a um site da capital que poderia determinar a reabertura do comércio e serviços não essenciais a partir de segunda-feira (25), admitindo, no entanto, que as orientações do Comitê de Gestão de Crise (CGC) poderiam ser no sentido de mais uma semana com as lojas fechadas, reabrindo no dia 1º de junho, o prefeito Herzem Gusmão (MDB) disse esta tarde, em resposta a pergunta do BLOG, que a decisão deve ser mesmo pela reabertura na próxima semana.

“Hoje à tarde, às 17h00, em reunião virtual do Comitê Interinstitucional será anunciada a data da reabertura do comércio”, anunciou. “Assim espero”, declarou, explicando que não participará da reunião e estará representado pelos membros do CGC. Com os três feriados de segunda, terça e quarta, na prática, o comércio só abrirá na quinta-feira (28), já que a Prefeitura não seguirá a recomendação do Governo do Estado de decretar o fechamento da atividade consideradas não essenciais

“Além de acatar o decreto do Governo do Estado acatamos também a sugestão de antecipar um feriado municipal, o de 15 de agosto, para quarta-feira. [Mas] A determinação para suspensão das atividades não essenciais, na quinta e sexta-feira, não iremos acompanhar”, disse o prefeito, afirmando que “apesar de já termos mais de 100 casos confirmados da doença, a situação de nossa cidade,é melhor que de municípios que foram relacionados pelo governador”

Sobre bares e restaurantes e outros estabelecimentos também provisoriamente fechados por decreto, o prefeito de Vitória da Conquista disse que a decisão do comitê pode contemplá-los. “Bares, restaurantes, academias de ginasticas, etc, está em fase de estudo (protocolo) podendo, ou não, acontecer [a reabertura] na mesma data que sera anunciada para o comércio”, esclareceu Herzem.

Na quinta-feira (21), segundo o site BNews, antigo Bocão News, Herzem teria dito: “Entendo que podemos determinar a abertura do comercio. Se continuar o quadro atual, a gente avança. Se não, vamos ter de recuar – como recuou a cidade de Feira de Santana”. Na avaliação do prefeito o quadro de avanço da Covid-19 em Conquista está “aparentemente sob controle”, uma vez que o município tinha uma taxa de ocupação de leitos inferior a 40%.

O prefeito não disse como se dará a reabertura, se em rodízio ou todas as lojas de uma vez. Tampouco confirmou o período da medida. A definição se dará a partir das decisões tomadas pelo Comitê de Gestão de Crise depois de ouvir as propostas e avaliações do Comitê de Representação Civil e Institucional.

106 CASOS CONFIRMADOS

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Vitória da Conquista registrou até ontem 106 casos confirmados de Covid-19. O município já teve quatro óbitos. Desde 27 de fevereiro, ocorreram 1.221 notificações de casos suspeitos. De quinta-feira (21) para ontem foram 71 novas notificações. E o município chegou a um recorde de casos suspeitos desde que a SMS passou a informar os números do novo coronavírus: são 279, com 150 pacientes aguardando coleta e 129 esperando resultado de exame laboratorial.

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente