Hospital de Conquista vai processar empresa que descartou material contaminante de coronavírus em lixeira comum na rua

BANNER_728x90_GIF

O Hospital de Clínicas de Conquista (HCC) divulgou, nesta segunda-feira (25), nota pública em que lamenta a atitude dos funcionários de uma empresa de ambulância que descartaram material contaminante, depois de transportar, desde o Sul da Bahia, um paciente com o novo coronavírus para a unidade hospitalar. Um vídeo divulgado nas redes sociais e publicado em blogs de Vitória da Conquista mostra o momento em as pessoas colocam o material, identificado como equipamentos de proteção individual usado na viagem, num vasilhame de lixo comum localizado nos fundos da Primeira Igreja Batista, em frente ao HCC.

Na nota, o hospital diz que “assim que tomou conhecimento do descarte irregular de EPIs, realizado por uma das empresas de ambulância contratadas pelo Estado para o translado de paciente proveniente de outro município, o hospital providenciou, imediatamente, o recolhimento do material e a desinfecção de todo o local e do seu entorno. Ao mesmo tempo em que essa ação acontecia entrou em contato com a vigilância sanitária e demais órgãos públicos responsáveis para que analisem a conduta da empresa quanto ao descarte dos EPIs, solicitando das autoridades que as devidas providências fossem tomadas”.

FOTOS: BLITZCONQUISTA

O HCC informa que fez contato com a empresa que presta o serviço de ambulâncias para narrar o ocorrido e “cobrar esclarecimento quanto à conduta de seus funcionários, uma vez que, fora das dependências do hospital, a correta utilização e descarte dos EPIs é, por força de lei, de responsabilidade da empresa de ambulâncias”.

O departamento jurídico do HCC “já adotou medidas para que a empresa e os seus funcionários que realizaram a conduta irregular sejam responsabilizados por estes atos”, diz a nota, acrescentando que “todos os procedimentos necessários para garantir a desinfecção e segurança dos que passam pelo entorno do hospital são realizados diariamente e cada entrada ou saída de paciente da ala Covid-19, conforme rígidos protocolos de higienização e de segurança”.

VEJA UM VÍDEO PRODUZIDO PELO HOSPITAL DO TRABALHO DIÁRIO DE DESINFECÇÃO FEITO NA UNIDADE

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

1 thought on “Hospital de Conquista vai processar empresa que descartou material contaminante de coronavírus em lixeira comum na rua

Comente