Importância do credenciamento da Uesb, ocorrido há 22 anos, é destacada pelo reitor da época, Waldenor Pereira

BNI_728x90px_CONTAS-PAGA

BANNER_728x90px-EMBASA-EM-CAMPO-DESPERDICIO

Os 22 anos do credenciamento da Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb), completados no dia 27 de maio, foram lembrados pelo reitor que assinou protocolo de reconhecimento oficial da instituição, Waldenor Pereira. “Não poderíamos deixar de registrar essa importante vitória da nossa administração, marco fundamental para a expansão da Uesb, com a criação de dezenas de cursos de graduação e pós-graduação, além de aumento significativo das atividades de pesquisa e extensão”.

Embora criada em 30 de dezembro de 1980, somente em maio de 1998 a Uesb se credenciou como universidade, na gestão do hoje deputado federal Waldenor Pereira. “Como seu reitor, à época, sinto-me orgulhoso de ter sido parte da história dessa extraordinária universidade, que nesse ano vai comemorar 40 anos de relevantes serviços prestados ao desenvolvimento regional”, declara o ex-reitor.

O credenciamento tardio da universidade que deu início ao polo educacional que Vitória da Conquista acabou se transformando nos tempos mais recentes, só aconteceu depois de muita luta e pressão da comunidade acadêmica, culminando com a assinatura do Ato pelo então governador, César Borges, em solenidade realizada no auditório do Campus conquistense, sede da instituição. O decreto nº 7.344 que concedeu à universidade o seu credenciamento foi previamente aprovado pelo Conselho Estadual de Educação.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente