Seis mortes em Conquista? Secretarias estadual e municipal de Saúde não se entendem quanto a mortes de residentes no município

BNI_728x90px_CONTAS-PAGA

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), em seu boletim de ontem (4), Vitória da Conquista teve cinco mortes por Covid-19. Este é o mesmo número divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Mas, as duas não estão falando dos mesmos óbitos. De acordo com a SMS, no dia 25 de maio, um homem de 61 anos com comorbidade (quando duas ou mais doenças estão relacionadas), faleceu no HCC com o novo coronavírus. O paciente foi o quinto óbito de morador de Vitória da Conquista ocorrido na cidade. Acontece que, 11 dias depois, nenhum dos boletins diários emitidos pela Sesab inclui este registro.

Entretanto, a Sesab lançou como quinto óbito de residente em Vitória da Conquista o de um homem de 62 anos, portador de diabetes, que veio a óbito no mesmo dia 25 de maio, em um hospital de Ilhéus. Sobre essa morte, o BLOG perguntou à Secretaria Municipal de Saúde por que esse caso não entra nas contas do órgão. A secretária Ramona Cerqueira respondeu que o Estado não comunicou o município sobre esse óbito, “possivelmente porque o paciente deveria já ser residente de Ilhéus”.

Ocorre que na relação de óbitos divulgada pela Sesab o paciente é identificado como morador do município de Vitória da Conquista. Já o registro do dia 25, ocorrido no HCC e notificado pela SMS não consta dos boletins da secretaria estadual.

A constatação leva a um novo questionamento: Oficialmente, Vitória da Conquista teve cinco ou seis mortes pela Covid-19? A resposta, unindo as informações das secretarias do Estado e do Município, leva a seis, pois faltaria à Sesab reconhecer (ou, meramente, lançar nas estatísticas) o caso do HCC e oficializar à SMS a residência do paciente que morreu em Ilhéus. Se a segunda opção for um equívoco, cabe ao Estado corrigir, se, de fato, a pessoa que morreu não era mais morador de Conquista quando foi internada no hospital de Ilhéus.

ÓBITOS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Além dos cinco óbitos de residentes ocorridos em Vitória da Conquista, morreram na cidade outras 14 pessoas de outros municípios que estavam em tratamento em hospitais locais, conforme informações da Sesab, até esta sexta-feira (5).

ÓBITOS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

POR RESIDÊNCIA, CONFORME APARECE NOS BOLETINS DA SMS

  1. Paciente do sexo masculino, 69 anos, com comorbidade – faleceu em 13 de abril;
  2. Paciente do sexo masculino, 76 anos, com comorbidade – faleceu em 23 de abril;
  3. Paciente do sexo feminino, 62 anos, com comorbidade – faleceu em 26 de abril.
  4. Paciente do sexo masculino, 43 anos, sem comorbidade – faleceu em 03 de maio;
  5. Paciente do sexo masculino, 61 anos, com comorbidade (quando duas ou mais doenças estão relacionadas) – faleceu em 25 de maio no HCC

POR RESIDÊNCIA, CONFORME APARECE NOS BOLETINS SESAB

  1. Um homem de 69 anos, residente em Vitória da Conquista, com histórico de diabetes, hipertensão e glaucoma. Em 13 de abril;
  2. Um homem de 76 anos, residente em Vitória da Conquista, com histórico de diabetes. Ele faleceu em domicílio. O óbito ocorreu em 23 de abril.
  3. Uma mulher de 62 anos, residente em Vitória da Conquista, com histórico de hipertensão, diabetes e síndrome de Huntington. Ela estava internada em um hospital da rede privada do município. O óbito ocorreu em 26 de abril.
  4. Homem, 43 anos, residente em Vitória da Conquista, com comorbidades – doença renal crônica, em hemodiálise. Apresentou os primeiros sintomas no dia 12 de abril, indo a óbito no dia 2 de maio, em hospital privado.
  5. Homem, 62 anos, residente em Vitória da Conquista, portador de diabetes, internado dia 24/05, veio a óbito dia 25/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus

DE OUTRAS LOCALIDADES, CONFORME APARECE NOS BOLETINS SESAB

  1. Mulher de 80 anos, residente em Paramirim, com histórico de doença pulmonar. A paciente estava internada em um hospital público no município de Vitória da Conquista, vindo a falecer ontem (9 de maio).
  2. Mulher, 63 anos, residente em Itarantim, comorbidade hipertensão arterial, veio a óbito dia 11/05 em hospital da rede pública em Vitória da Conquista.
  3. Mulher, 75 anos, residente em Mirante, comorbidades doença pulmonar obstrutiva crônica, cardiopatia, hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública de Vitória da Conquista.
  4. Mulher, 79 anos, residente em Ibirapitanga, comorbidade obesidade, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública em Vitória da Conquista.
  5. Mulher, 79 anos, residente em Ibirapitanga, portadora de obesidade, foi internada dia 12/05 e veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista
  6. Homem, 82 anos, residente em Jequié, portador de doença respiratória crônica e tabagista, foi internado dia 22/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;
  7. Homem, 79 anos, residente em Macarani, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 21/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista
  8. Homem, 70 anos, residente em Ipiaú, portador de doença cardiovascular. Foi internado dia 16/05 e veio a óbito dia 27/05, em hospital da rede pública, em Vitória da Conquista;
  9. Homem, 88 anos, residente em Itabuna, portador de doença cardiovascular. Foi internado dia 25 e veio a óbito dia 27/05 em hospital da rede pública, em Vitória da Conquista;
  10. Homem, 70 anos, residente em Itamaraju, sem comorbidades, foi internado dia 26/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;
  11. Homem, 82 anos, residente em Ipiaú, sem comorbidades, foi internado dia 08/05 e veio a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;
  12. Mulher, 72 anos, residente em Urandi, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 23/05 e veio a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;
  13. Homem, 84 anos, residente em Urandi, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 26/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;
  14. Mulher, 67 anos, residente em Itapetinga, portadora de hipotireoidismo. Internada dia 29/05, veio a óbito dia 03/06, em hospital da rede particular, em Vitória da Conquista;

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente