Trabalho da Secom confere transparência à ações da Prefeitura de Conquista contra a Covid-19

Todo serviço público é alvo de fiscalização e crítica mais frequente e intensa, justamente porque o seu papel é, mais que atender às demandas da população, objetivo de sua existência e financiadora do seu trabalho, fazer bem feito. Ainda que a ação dos órgãos públicos seja prática, tangível, a avaliação é subjetiva e o nível de satisfação acerca do resultado varia de pessoa para pessoa. Assim tem sido com o trabalho da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) durante e por causa da pandemia do novo coronavírus. À Secom tanto cabe a prestação do serviço de informação à sociedade como a construção da imagem do governo, tornando-se objeto de avaliação dos públicos externo e interno. E isso faz com que a sua missão seja hercúlea.

Considerando que a informação também é uma forte aliada no combate ao novo coronavírus o setor tem procurado dar a máxima transparência aos dados da pandemia no município. Por meio do boletim epidemiológico diário, a população tem sido informada com detalhes sobre a evolução da doença em Vitória da Conquista.

Desde antes da confirmação do primeiro caso do novo coronavírus na cidade, a Prefeitura já divulgava comunicados periódicos sobre a situação em seu site oficial e redes sociais. No dia 16 de março, a Secom começou a veicular todo o dias o boletim com o número de notificações. suspeitas clínicas e casos confirmados e descartados.

O boletim ganhou uma identidade visual para facilitar ainda mais a comunicação com o público. Ao longo do tempo, o governo municipal vem ampliando o leque de dados disponibilizados diariamente, ciente da importância de manter os cidadãos bem informados e atendendo aos próprios anseios do público.

Além do número de casos notificados, suspeitos e confirmados – que integravam o primeiro formato da publicação – atualmente o boletim epidemiológico informa quantos pacientes estão em investigação, em recuperação, foram curados ou vieram a óbito. Do total de casos confirmados, a população também fica sabendo quantos foram diagnosticados laboratorialmente e quantos são frutos do teste rápido.

As taxas de ocupação dos leitos clínicos e de UTI na cidade também estão sendo diariamente apresentadas ao público. Além disso, ainda é possível saber quantos pacientes são de Vitória da Conquista e quantos vieram de outros municípios para receber o tratamento aqui. Apesar de alguns ajustes que foram criticados, por alterar a forma de apresentação de dados no card (figura gráfica),  cada novo dado inserido no boletim é explicado de forma clara e detalhada, para garantir o total entendimento da população.

Somando-se a isso, a Secom também tem trabalhado com materiais de caráter educativo, incluindo vídeos, esclarecendo sobre as formas de testagens e as medidas preventivas, por exemplo. Também informa diariamente sobre as ações e decisões do governo no enfrentamento à pandemia. Uma página específica foi criada para disponibilizar todas as informações sobre o coronavírus e lá estão reunidas as notícias, boletins, decretos, contratações, informações úteis etc. A página fica no Portal da Transparência.

A página do Portal da Transparência dedicada à Covid-19, no entanto, destoa. Enquanto o trabalho de comunicação acerca da evolução do novo coronavírus no município fornece atualização para a imprensa e sociedade, no portal, os dados, quando são lançados, são atrasados ou incompletos. Mas, aí não é com a Secom, é com outra secretaria, assunto para outra matéria. O que a Secom tem feito é atender a imprensa explicar a falha de outros setores.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

%d blogueiros gostam disto: