Anúncios

Deputado estadual do PSL é acusado de invadir dependências de hospital dedicado ao coronavírus em Lauro de Freitas

O deputado estadual Capitão Alden (PSL), acompanhado de seguranças, é acusado de ter invadido, na manhã desta quarta-feira (17), as dependências do Hospital Riverside, localizado em Lauro de Freitas, que é dedicado a pacientes com diagnóstico de coronavírus (Covid-19). A unidade é uma área de isolamento respiratório, onde é proibido visitas e acompanhantes. Durante todo o momento, segundo informe da Secretaria de Comunicação da Sesab, ameaçava os profissionais da unidade de dar voz de prisão e demonstrava estar armado.

Um dos seguranças do parlamentar posicionou-se na porta de um dos quartos, tendo acesso a uma paciente com as partes íntimas expostas devido ao banho no leito. É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com à Covid-19, bem como a de pacientes e profissionais.

Na quinta-feira passada (11), em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recomendou à população que entrasse em hospitais públicos e/ou de campanha e filmasse leitos destinados à COVID-19, para saber se estão vazios, ou não. A recomendação dada por Bolsonaro é que a população “arranje um jeito de entrar e filmar” hospitais públicos.

Anúncios

Comente

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: