Vitória da Conquista: 75% dos novos casos de Covid-19 de junho foram confirmados por teste rápido

Em uma semana, Vitória da Conquista, registrou um aumento de 130 pacientes infectados pelo novo coronavírus, crescimento de 36%. Os testes rápidos contribuíram com 101‬ resultados negativos, ou 77,69%. Já nos 21 primeiros dias de junho, surgiram 339 novos casos, elevando o total para 491, neste domingo (21). Destes, 204 confirmados por exames de laboratório e 287 por teste rápido. Em 31 de maio, o município contava 152 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, 120 confirmados por exame RT-PCR e 32 por teste rápido. Os resultados positivos dos testes rápidos no período (255) correspondem a 75,22% do aumento de casos.

Desde que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começou a realização de testes rápidos, no dia 4 de maio, o número de casos confirmados de Covid-19 saiu de 35 para 491, um aumento de 456 casos ou 1.302,8%. Neste tempo, foram realizados aproximadamente 8,5 mil testes (a SMS não informa o número exato), com 287 resultados positivos. No mesmo período, a quantidade de casos positivos por exame laboratorial (RT-PCR) foi 204. Portanto, os resultados positivos do testes rápidos correspondem a 58,4% do total de casos confirmados.

Este percentual vem progredindo, à medida que a Prefeitura amplia a testagem, com a convocação de pacientes que estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica. Já foram realizadas duas ações, uma no dia 11, no Cemae da Avenida Olívia Flores, e a outra no sábado (20), no Centro Cultural Glauber Rocha, na Avenida Brumado. Segundo a Secretaria de Comunicação, foram realizados 210 testes em cada etapa, com 16 e 15 positivos, respectivamente.

ESTRATÉGIAS

De acordo com os boletins da SMS, desde as primeiras notificações, no dia 27 de fevereiro, 2.726 casos suspeitos foram descartados, sendo 1.219 por meio de exame RT-PCR e 1.507 por teste rápido. De sábado para domingo (21) 43 suspeitas foram descartadas, duas por resultados laboratoriais e 41 por teste rápido.

A diferença entre a soma de casos descartados e confirmados (1.748) e o total de testes rápidos feitos (cerca de 8,5 mil) é explicada pelo farmacêutico da Secretaria Municipal de Saúde, Pablo Maciel. De acordo com ele “a testagem dos assintomáticos (profissionais de saúde, da segurança, idosos nas instituições de longa permanência, etc.) não está incluída nos casos notificados, que se referem a pacientes que apresentam ou apresentaram Síndrome Gripal”.

Pablo Maciel diz que, por se tratar de triagem epidemiológica, “vão para o sistema quando o resultado do teste dá positivo, aliado aos dados clínico-epidemiológicos permitem ao médico avaliador confirmar o caso para Covid-19 (isso porque, TR isoladamente não confirma nem exclui a infecção por Covid-19)”.

O município de Vitória da Conquista mantém duas estratégias de testagem, informa o farmacêutico. Uma é direcionada para pacientes notificados para síndrome gripal e cujos testes são realizados por meio de duas equipes de farmacêuticos, pelas equipes de saúde da família, por meio da descentralização (recente) de testagem para as Unidades de Saúde da Família (USF) , além da estratégia de Drive Thru, que ocorre de forma paralela, para atender o público que não é testado pelas formas anteriores.

“Outra linha de ação está direcionada para os grupos prioritários que incluem idosos em instituições de longa permanência (com testagem 100% concluída), profissionais de saúde (da rede pública e particular que estejam na linha de frente de combate à Covid-19) e profissionais da segurança pública (PM, Bombeiros, Polícia Civil, PF, PRF, conjunto penal e presídio, SIMTRANS, profissionais da Secretaria de Serviços Públicos, dentre outros)”, esclarece Pablo Maciel.


FOTOS: SECOM/PMVC

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente