Prefeitura de Conquista realizou 9.500 testes rápidos de Covid-19 e ainda tem 3.861 casos suspeitos na fila para testar

A Prefeitura de Vitória da Conquista recebeu 11.580 testes rápidos do Governo Federal e outros 2.600 de uma compra feita pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), totalizando 14.180. Ainda faltam chegar 4.400 do lote de sete mil adquirido na empresa Medtest Diagnóstica, da cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Os testes começaram a ser realizados pela SMS no dia 4 de maio.

Desde então, um período de 50 dias, 9.500 pessoas foram testadas e outros 1.200 testes seguem em execução em 34 Unidades de Saúde da Atenção Primária que receberam o material para descentralização do atendimento. As equipes estão entrando em contato com os pacientes notificados anteriormente a fim de realizar a testagem para dar desfecho aos casos que ainda aguardam classificação no E-sus Notifica.

Do total de testes realizados, de acordo com informação passada ao BLOG pela SMS, 5.500 foram em profissionais de saúde da rede municipal; 1.200 em profissionais da Segurança Pública, como policiais militares, Corpo de Bombeiros, agentes federais, policiais rodoviários e do Departamento de Polícia Técnica da Polícia Civil; 700 em profissionais da Prefeitura que atuam na linha de frente da fiscalização/orientação e nas ações de prevenção das secretarias de Serviços Públicos, Meio Ambiente, Comunicação, Agricultura e Semob (Simtras/Transporte); 220 idosos em instituições de longa permanência (ILPIs) e 1.880 pacientes notificados com Síndrome Gripal ou suspeita de Covid-19 (descartados e confirmados).

Foram confirmados 317 casos pelos testes rápidos, equivalente a 3,33% do total de testados. De acordo com o boletim mais recente da Secretaria Municipal de Saúde, há 3.861 pessoas já notificadas com suspeita de terem sido infectadas pelo novo coronavírus aguardando coleta para exame laboratorial ou para realização de teste rápido. O número de casos suspeitos a serem testados é menor que a quantidade de testes ainda disponíveis, pelas contas da SMS. Se a Medtest entregar o que falta, a Prefeitura de Vitória da Conquista poderá testar mais cinco mil pessoas, pelo menos, isso sem contar com os 5.500 testes rápidos comprados pela Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (Hospital Esaú Matos), mas este já outro assunto.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente