Ministro da Saúde, que não atendeu Herzem, recebeu Fábio Vilas-Boas e garantiu mais R$ 48 milhões para a Bahia


O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, esteve em Brasília nesta quarta-feira (8), acompanhado da secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, para uma audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, segundo divulgou o Blog da Resenha Geral, da família do prefeito. Herzem levava pelo menos três pleitos: conseguir respiradores para UTIs da cidade, convencer o Ministério da Saúde a realizar auditorias nos contratos do Governo do Estado com hospitais de Vitória da Conquista e reivindicar um lote de medicamentos como ivermectina e cloroquina para atender a um grupo de médicos que lhe passou a missão de levar ao ministro um abaixo assinado com a solicitação.

O prefeito não foi recebido pelo ministro Pazuello, mas atendido por um assessor, Airton Soligo, conhecido como Cascavel. O assessor prometeu que os respiradores virão, além de mais R$ 10 milhões para a Prefeitura cuidar da Covid-19. Já vieram R$ 18.078 milhões.

Também em Brasilia, nesta quarta-feira (8), quem foi recebido pelo ministro, foi o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, de quem o prefeito de Vitória da Conquista fez queixas na conversa com o assessor do ministério e de quem desconfia. Na reunião com Eduardo Pazuello, o secretário estadual disse ter conseguido do Ministério da Saúde a garantia de mais R$ 43 milhões, para o custeio de serviços já em funcionamento no estado, como as UTIs Covid de hospitais na capital e no interior.

Participaram da reunião, além do ministro da Saúde, os principais secretários do ministério. Também ficou assegurado, segundo Fabio Vilas-Boas, o envio para a Bahia de novos ventiladores pulmonares e até 500 mil kits de amplificação do RT-PCR, o que corresponde a mais de 70% do custo do exame molecular para Covid-19.

De acordo com o secretário, “o Ministério permitirá ainda que os recursos das emendas parlamentares da bancada da Bahia sejam utilizados para comprar equipamentos para montar hospitais, bem como enviarão medicamentos anestésicos para pacientes entubados, que estão escassos em todo o Brasil”.

O secretário de Saúde da Bahia teve reuniões, ainda, com os secretários Luiz Duarte (Atenção Especializada à Saúde) e Arnaldo Medeiros (Vigilância em Saúde), ambos do Ministério da Saúde. Os deputados federais Jonga Bacelar e Paulo Magalhães acompanharam as agendas em Brasília.

— ATUALIZAÇÃO: Diferente do que foi publicado, o site da Prefeitura de Vitória da Conquista não informou que o prefeito Herzem Gusmão estaria com o ministro da Saúde. O site publicou apenas que, ainda nesta semana, o prefeito e a secretária Ramona Cerqueira iriam a Brasília para uma reunião no Ministério da Saúde. Não foi divulgada agenda, comitiva ou qualquer roteiro ou dado da viagem.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente