Projeto “Arquipélago de memórias” reunirá relatos educacionais na pandemia


Como a pandemia da Covid-19 está afetando o seu cotidiano? De que forma ela interfere na sua relação com a Educação? Com essas duas perguntas iniciais, o projeto “Arquipélago de memórias: pandemia e vida cotidiana de professores/profissionais da educação, estudantes, pais/mães de alunos (famílias)” é criado, com o intuito de criar uma cápsula do tempo, cheia de relatos e histórias.

Com a participação da Uesb, a iniciativa é promovida pela Universidade Federal de Góias (UFG), em parceria com outras instituições de ensino de diversas cidades do Brasil. Por meio da integração  de diversos agentes envolvidos com o processo de educação, o projeto busca produzir amostras capazes de representar as memórias brasileiras da pandemia.

Na plataforma criada, os interessados em participar terão acesso à rede de colaboração e ao projeto completo. Para contribuir, o primeiro passo é ir até o site e clicar na categoria a qual você faz parte: professores e trabalhadores da educação; estudantes; ou pais, mães e familiares de estudantes. Após a escolha, o participante será direcionado a uma conversa do WhatsApp. Em seguida, basta ficar atento às observações que serão passadas pela equipe do projeto e gravar, em formato de áudio, o seu relato.

O envio pode ser feito até dezembro. Em caso de dúvidas, entre em contato com a organização do projeto, exclusivamente, pelo e-mail: arquipelagodememorias2020@gmail.com.


Texto e foto: Assessoria de Comunicação da Uesb

 

Anúncios

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente