Cidades baianas ganham ambientes digitais para empreendedores. Vitória da Conquista está incluída

 


A Bahia está construindo a maior rede de coworkings públicos do Brasil com a entrega de unidades do Espaço Colaborar em todo o estado. O projeto, que é capitaneado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), tem por objetivo potencializar empreendedores e pequenos negócios voltados para a área de inovação. Alagoinhas e Caetité inauguram os seus espaços nesta quinta e sexta (13 e 14), em transmissão virtual pelo YouTube, com a participação de autoridades locais e estaduais. Até o final de agosto, a expectativa é que as cidades de Itaparica, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus também inaugurem seus ambientes.

O cronograma de implantação de espaços Colaborar prevê que outras cidades devem ser contempladas ainda nessa primeira fase de implantação, a exemplo de Porto Seguro, Feira de Santana, Ilhéus, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Paulo Afonso, Seabra, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista.

O lançamento do Espaço Colaborar marca a requalificação dos antigos Centros Digitais de Cidadania (CDC), que chegará em 24 cidades na primeira etapa, e mais 17 na segunda, tendo sido a unidade de Irecê a primeira a ser inaugurada em 16 de agosto de 2019. O local, que funciona como um ambiente de coworking, está disponível para toda a população do município, com foco no ecossistema de inovação, composto por pesquisadores, empreendedores, donos de micro e pequenos negócios, etc, onde eles podem realizar reuniões de trabalho, encontros profissionais, entrevistas, treinamentos, palestras, entre outros.

O Espaço Colaborar traz ferramentas para trabalho como computadores, mobílias de escritório, como mesas e cadeiras, além de televisão e aparelho de videogame para momentos de descontração entre compromissos profissionais e acesso à internet. Em seu lançamento, a equipe responsável pela inauguração realiza um processo chamado “ativação do ecossistema de inovação”, quando diversos entes como a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Associação Comercial da Bahia (ACB), além de universidades, Institutos Federais, empresas e escritórios do Sistema S como Senai, são acionados e comunicados sobre o lançamento, a fim de direcionar o uso e a ocupação para o público-alvo.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, destaca a importância da construção de parcerias com os agentes de inovação para que possam potencializar ainda mais o local. “Parceiros como o Sebrae, o IEL, as prefeituras, organizações sociais, ou quaisquer prestadores de serviço que fomentem a cultura empreendedora no município serão sempre bem-vindos para buscarmos as melhores formas de promover o projeto”, disse. Vale ressaltar que o Espaço Colaborar faz parte de uma ação da Secti, denominada Espaços Dinamizadores, com o objetivo de oferecer a população locais de coworking, pesquisa e desenvolvimento de projetos. Além do Colaborar, outros equipamentos estão previstos no projeto, como, por exemplo, os espaços Fazer, Inovar e Fortalecer.


TEXTO E FOTOS:  SECOM GOVBA

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: