Dica de especialista | Presta atenção na eletricidade!


Todos nós somos dependentes da eletricidade. Como não a enxergamos, muitas vezes esquecemos o quanto ela está presente em todos os lugares: no celular que você está segurando, na lâmpada iluminando o lugar que você está, nessa tomada aí do seu lado e até mesmo naquele banho quente que você tomará em breve.

Porém, são poucas as pessoas que de fato olham para a eletricidade e se perguntam: Está tudo bem aqui?

No dia a dia da minha profissão, me deparo com as mais assustadoras instalações elétricas, e sempre me pergunto como que continuam em funcionamento. O senso comum diz que se não parou de funcionar, está tudo bem, mas não é bem assim.

Muitas instalações são antigas e mal dimensionadas, trazendo uma série de riscos para quem as está utilizando. Eu, você, nossos amigos, nossos colegas de trabalho e nossas famílias, estamos todos constantemente sendo submetidos aos mais diversos riscos elétricos. Os riscos são variados, indo desde danos aos aparelhos, como choques elétricos a até mesmo incêndios. Tenho certeza que você ou algum conhecido seu já teve um aparelho queimado ou já tomou um choque inesperado.

A grande questão é: eletricidade mata! Vamos falar de números? A Associação Brasileira de Conscientização de Perigos da Eletricidade (Abracopel) informa que 697 pessoas morreram por consequência de acidentes causados por choques elétricos em 2019 no Brasil.E esse número traz apenas os óbitos, não citando prejuízos financeiros e materiais. Nesse período de quarentena, onde as pessoas encontram-se mais tempo em casa, tem aumentado significativamente o número de chamados para problemas elétricos nas residências.

Eu não vim aqui hoje só para assustar você, eu vim lhe dar um conselho de amigo – mesmo que a gente não se conheça. A solução é simples, comece a prestar mais atenção aos sinais que a eletricidade da sua casa vem te dando.

Presta atenção nos principais sintomas de problemas em suas instalações elétricas:

  • Aparelhos queimando ou com mau funcionamento;
  • Lâmpadas piscando;
  • Tomadas falhando;
  • Cheiro de queimado;
  • Marcas anormais em aparelhos (fio derretido, escurecimento de plugs e tomadas, outros desgastes, etc.);
  • Alto valor na conta de eletricidade;
  • Chiados e barulhos estranhos na instalação ou aparelhos;
  • Queda de disjuntores.

Todos esses sinais podem indicar que você está com problemas ai na sua casa ou seu comércio.

Considere esses sinais como sintomas de doenças. E o que a gente faz quando está com sintomas graves? Isso mesmo! Procura um profissional e tratamento. Chama um eletricista de confiança para avaliar sua situação, o melhor é resolver antes que o problema se agrave.


Me chamo Thiago Caires, sou Engenheiro de Energia, tenho pós graduação em Saúde e Segurança do Trabalho, trabalho com Instalações Elétricas Prediais e sou professor em cursos técnicos na área de eletricidade.

Qualquer dúvida me chama lá no Instagram, no @tceletricidade (com muitas dicas sobre eletricidade e segurança) ou no 77 9120-1673 WhatsApp que eu posso ajudar se você tiver um problema para resolver na área.


 

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente