Eleição de prefeito | Em Conquista, PSB, de Mozart Tanajura, e PSD, de Abel Rebouças, falam em acordo já no primeiro turno na eleição


Em encontro realizado no final de tarde desta sexta feira (28), lideranças do PSB e do PSD realizaram uma reunião que sinaliza a possibilidade de unidade e criação de uma nova força na eleição para prefeito de Vitória da Conquista,
Partidos bem estruturados nacionalmente, com grandes bancadas federais, tempo de televisão e rádio e dois pré-candidatos a prefeito sintonizados com a onda de renovação no ambiente político em todo o país, PSB e PSD vislumbram uma chapa única, para fazer frente à polarização PT-MDB, por meio dos respectivos candidatos, Zé Raimundo e Herzem Gusmão.

Mozart Tanajura, o pré-candidato do PSB e Abel Rebouças, do PSD, indicam que as suas referências estaduais, deputada federal Lídice da Mata e o senador Otto Alencar, aprovam a aproximação. Alguns aspectos foram destacados entre os presentes ao encontro: necessidade de novas lideranças para desenvolver o município, que não teria crescido economicamente na gestão de Herzem; recuperação de serviços públicos desprezados pelo atual governo, como o transporte público, saúde e educação; gestão transparente, pois, de acordo com os pré-candidatos de PSB e PSD, é inexplicável contratos de tantas consultorias sem qualquer ganho para a cidade. Além disso, a gestão de Herzem teria prometido, na visão dos dois partidos, muito na campanha e não conseguiu cumprir 10 por cento.

Em nota divulgada para a imprensa, as lideranças do PSB e PSD afirmam que é preciso resgatar a confiança do funcionalismo municipal, para comprometimento com a gestão do município e parar com a humilhação e sofrimento a que foram submetidos.

Ainda segundo a nota, “convergem, também, acerca da necessidade de ampliar as parcerias com instituições como universidades, para que o conhecimento sirva na elaboração de espaços públicos sustentáveis e inteligentes. Após a discussão desta sexta, os partidos e seus pré-candidatos já marcaram de voltar a se encontrar na próxima semana.

O grande dilema é a cabeça de chapa.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente