Zé Raimundo recebe novos apoios e faz carreata com governador Rui Costa

 

Em ato com participação do governador Rui Costa, o candidato a prefeito Zé Raimundo (PT) recebeu o apoio de novos partidos e lideranças para a sua campanha na manhã de ontem (20), na Pousada Conquista, e em seguida, ao lado de Rui e da candidata a vice, Luciana Oliveira, liderou uma carreata, que começou na praça Sá Barreto e terminou na Urbis V.  A carreata teve a participação de 60 carros numerados, em cumprimento à determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Depois de ter vencido no primeiro turno, com 47,63% dos votos, á frente de uma coligação formada por cinco partidos (PT, PCdoB, PSB, PL e PDT), Zé Raimundo passa a contar com mais nove, segundo a coordenação da campanha (PSD, PP, Podemos, PROS, Avante, PTC, PRTB, Cidadania e Solidariedade), além do apoio crítico do PSOL.

No evento, Zé Raimundo enalteceu a união dos partidos e afirmou que o gesto das lideranças que manifestaram apoio à sua candidatura representa a oportunidade de fortalecimento de Vitória da Conquista. Para o candidato do PT, o arco de aliança formado reúne partidos e lideranças que valorizam a vida. “Aqui, se demonstra uma visão estratégica de futuro. Eu não estou olhando o futuro sozinho”, ressaltou em discurso.

O governador Rui Costa também destacou a importância da união em torno do nome de Zé Raimundo. Para ele, não é uma questão apenas partidária ou meramente política, mas de amor a Vitória da Conquista. “Por isso estou aqui e apelo a quem ama Conquista, quem a chama de capital do Sudoeste, de segunda capital da Bahia, para se juntar a Zé Raimundo, uma candidatura que ultrapassa a fronteira partidária”, disse Rui. “A grande quantidade de partidos tira qualquer caráter partidário da eleição de Zé Raimundo, que é um projeto  coletivo para a cidade”, observou.

O governador enfatizou que votar em Zé Raimundo não é uma escolha difícil pelo histórico do candidato e criticou a falta de diálogo do adversário Herzem Gusmão: “Ele só brigou com Deus e o mundo, não dialogou com ninguém em favor de Conquista”.

Rui Costa foi além e, ainda se referindo a Herzem, afirmou que Vitória da Conquista não quer viver na escuridão da truculência.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

%d blogueiros gostam disto: