Já foi à Feira da Agricultura Familiar? Então, vá. É até dia domingo, on-line


A 11ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, maior feira da agricultura familiar do país, que é realizada até o próximo domingo (13), 100% online e gratuita, no site do evento, apresenta ao público as Trilhas pelos Territórios de Identidade da Bahia e as Rotas de Sistemas Produtivos da Agricultura Familiar.

Pelo site, o visitante virtual pode conhecer as principais características de cada um dos 27 Territórios de Identidade da Bahia, incluindo aspectos geográficos, históricos, tradicionais, turísticos e culturais. O espaço apresenta a força da agricultura familiar, economia solidária e de povos e comunidades tradicionais de toda a Bahia.

O internauta tem a possibilidade de conferir belas imagens de paisagens, pontos culturais e algumas transformações na realidade, ocorridas nos últimos anos, a partir dos investimentos em assistência técnica e extensão rural (Ater), equipamentos e infraestrutura rural. Os vídeos trazem ainda as riquezas naturais e a diversidade e qualidade de produtos da agricultura familiar, que vêm ganhando com o processo de agroindustrialização, uso de tecnologias sociais e agregação de valor.

Os Territórios de Identidade se caracterizam por um conjunto de municípios que possuem aspectos similares, sendo unidades de planejamento e execução de políticas públicas pelo Governo do Estado da Bahia.

No espaço Rotas, o público encontra uma amostra do potencial econômico de Sistemas Produtivos da Agricultura Familiar da Bahia. São apresentados os sistemas produtivos do Mel, Cacau, Engenho e Café, que mostram o quanto a agricultura familiar vem trabalhando pela sustentabilidade, valorização e preservação da biodiversidade, com o cuidado com o meio ambiente, com a produção de alimentos saudáveis.

Mel

O sistema produtivo do mel, e suas diversas possibilidades para a geração de emprego e renda para a agricultura familiar, é apresentado no espaço Rotas pelo potencial da Apicultura e Meliponicultura no estado da Bahia para produzir tanto o próprio mel quanto outros derivados. como própolis, pólen, geleia real e cera.

Café

A Bahia, com suas dimensões continentais, é repleta de riquezas naturais, biomas diversos, culturas variadas e sistemas produtivos que se destacam em nível nacional e avançam, conquistando também o mercado internacional.

Esse é o exemplo dos cafés baianos, seja do Sudoeste ou da Chapada Diamantina, especial, gourmet, orgânico, premium ou tradicional. Os cafés baianos, especialmente os de produção da agricultura familiar, vêm ganhando cada vez mais espaço nas cafeterias e nas prateleiras de mercados nacionais e até internacionais.

Cacau

Com a possibilidade de originar produtos diversos, a exemplo dos tradicionais chocolates, geleias, doces e sucos, entre tantos outros produtos, o cacau tem um lugar de destaque na Bahia com uma produção cada vez mais qualificada.

Na Bahia, onde está instalada a primeira fábrica de chocolate da agricultura familiar do país, o sistema produtivo do cacau está em plena expansão, diversificando-se e atendendo a exigentes mercados consumidores. Isso e muito mais você encontra na Rota produtiva do cacau.

Engenho

Sistemas produtivos, como o do Engenho, vêm trazendo desenvolvimento e movimentando a economia de diversos municípios baianos, gerando trabalho e renda para agricultores e agricultoras familiares baianos. No espaço Rotas, é possível conferir o quanto esse sistema produtivo evoluiu, com produtos premiados e que possui diferenciais como a indicação geográfica.

Texto da Secom/GovBa | Fonte: Ascom/SDR


 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente