Empresária continua desaparecida em Conquista e polícia teme que ela tenha sido morta. Um suspeito está preso

A Polícia Civil não confirma, mas teme que, infelizmente, a empresária Givanete Nogueira, de 52 anos, desaparecida desde terça-feira (19) à tarde, tenha sido morta. Ela foi vista pela última vez na Galeria Joaquim Correia, no Centro de Vitória da Conquista, onde tem uma loja. Um suspeito foi preso na manhã desta quinta-feira e encaminhado para o Distrito de Segurança Pública. As informações são de que o homem, que comprava na loja de Givanete e lhe devia dinheiro, a sequestrou, matou e escondeu o corpo. Mas ele nega o crime, segundo fonte da Polícia Civil ouvida pelo BLOG.

Desde ontem circula nas redes sociais a notícia de que a empresária tinha sido encontrada morta e o assassino – alguém que comprava na loja dela para revender – já havia sido pego agora pela polícia. No entanto, ela não foi ainda localizada e família, amigos e quem acompanha o caso têm esperança de que ela seja encontrada viva.

A operação conjunta que investiga e procura por Givanete Nogueira reúne a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM ) e a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).

Comente