Contra fura-fila | Vereadores pedem lista com nomes de vacinados contra Covid-19 em Vitória da Conquista


Diante da pequena quantidade de vacina disponível no Brasil e de notícias de que tem ocorrido em vários municípios situações de favorecimento a pessoas que, mesmo não fazendo parte de nenhum dos grupos considerados prioritários teriam furando a fila e recebido a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, têm gerado cobranças de maior rigor por parte das secretarias de saúde e a apresentação da relação de vacinados.

Levantamento da Agência Brasil aponta que, em ao menos dez estados, além do Distrito Federal, denúncias já motivaram os ministérios públicos estaduais e Federal a cobrar explicações dos governos locais sobre eventuais irregularidades na fila de prioridade, prevista no plano federal e em planos estaduais de vacinação.

Em Vitória da Conquista, depois de episódios polêmicos relacionados ao processo e vacinação realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), incluindo queixas, maus tratos e até falsificação de documentos comprobatórios de que os profissionais de saúde atuam na linha de frente da Covid-19, os vereadores da bancada de oposição enviaram um requerimento à secretária Ramona Cerqueira Pereira, solicitando a relação nominal dos profissionais de saúde que foram ou serão contemplados na primeira fase da vacinação no município, bem como o nome da unidade de saúde ao qual cada está vinculado.

Os vereadores também sugeriram que a vacinação seja realizada de forma descentralizada, em mais de um ponto e que “as vacinas sejam aplicadas nos profissionais de saúde diretamente nas unidades em que são lotados, em conformidade com cronograma a ser previamente divulgado pela Prefeitura Municipal, a fim de alinhar a programação com os estabelecimentos onde trabalha o público-alvo”.

O documento enviado à SMS manifesta a preocupação dos parlamentares com o desconforto e descontentamento com as longas filas em razão de a primeira etapa da vacinação ter sido realizada em um único local. “Felizmente, ao que parece, a Secretaria Municipal de Saúde modificará a logística até então adotada, ao menos é o que se espera”, observam os vereadores da bancada de oposição, que tem Valdemir Dias como líder.

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente