Governador diz que toque de recolher pode ser decretado na Bahia para conter novo avanço da Covid-19




A restrição para o funcionamento de algumas atividades econômicas pode voltar a ocorrer na Bahia, por conta dos altos índices de contaminação e de mortes pela covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (16), em entrevista à TV Bahia. Ele disse que o chamado “toque de recolher” pode ser adotado em todo o estado.

Rui informou que irá tratar da questão em reunião com prefeitos e representantes da União dos Municípios da Bahia. O governador ressaltou que é a favor da vida e que a proposta da restrição tem o objetivo de preservar vidas e evitar que pessoas morram sem atendimento médico.

“Estou falando de atividades que geram aglomerações em lugares confinados, como cinemas, teatros, bares e restaurantes que tenham ambientes confinados. Não permitimos a abertura desses estabelecimentos em qualquer decreto estadual e inclusive temos usado forças policiais para tentar conter aglomerações nesses recintos. Inclusive, analiso a possibilidade de, se mantiver ao longo desta semana estas mesmas taxas, nós implementarmos o toque de recolher em todo o estado da Bahia para evitar o pior “, enfatizou o governador da Bahia.

Para Rui Costa, o momento é de tomar decisão para não ter que enfrentar o colapso do sistema e pessoas morrerem sem assistência médica. “Temos que fazer escolhas. Ou nós fechamos fábricas, comércios ou fechamos bares, restaurantes com ambientes confinados. Nós temos que escolher juntos. O que é melhor: chegar no colapso e fechar tudo ou escolher as atividades não essenciais? Eu entendo que, num momento em que está se morrendo tanta gente, não tem leito para todo mundo, ter um bar funcionando não é essencial. O que não é essencial acho que está no momento de fechar novamente para evitar o pior, evitar cenas de pessoas morrendo sem assistência médica”, ponderou Rui Costa.

Na entrevista, o governador disse que o Governo do Estado tem atuado de forma intensa para impedir festas clandestinas, eventos com aglomerações e evitar o aumento da taxa de contaminação pelo novo coronavírus e o aumento de casos e óbitos pela Covid-19.

OUÇA O ÁUDIO DO GOVERNADOR

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

%d blogueiros gostam disto: