Casos de Covid-19 em Conquista chegam a 19.999, com 309 óbitos, sendo 14 em uma semana, média de dois por dia



Com três óbitos registrados nesta sexta-feira (26), Vitória da Conquista chegou a 309 mortes por Covid-19, sendo 35 este mês e 14 em apenas uma semana, média de duas mortes por dia. É a maior média para o período de sete dias, desde que foi registrado o primeiro óbito de morador conquistense por causa da doença. A quantidade de mortes no município este ano é 79.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 95 casos de Covid-19. Já são 2.550 em fevereiro, com média de 98,07 por dia. No ano, já foram registrados 5.613 casos e no total, desde 1º de março do ano passado, quando foi confirmado o primeiro, são 19.999 casos.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que do total de 19.999 pessoas que já se contaminaram com o novo coronavírus, 19.247 já estão curadas e 443 estão sintomáticas e em recuperação, delas, 35 estão internadas em Vitória da Conquista, dois, em outros municípios e 406 fazem tratamento domiciliar.

Ainda há 3.069 casos notificados com suspeita de infecção aguardam por classificação final, sendo que 3.055 deles esperam pela investigação laboratorial e 14 pelo resultado do exame RT-PCR das amostras encaminhadas para análise no Lacen Estadual.

ÓBITOS

307º óbito – Mulher de 95 anos, moradora do bairro Santa Cruz, portadora de Alzheimer. Foi internada no dia 22 de fevereiro no Hospital São Vicente, onde faleceu em 23 de fevereiro.

308º óbito – Homem de 86 anos, morador do bairro Brasil, portador de hipertensão e diabetes melito. Estava internado desde o dia 1º de fevereiro no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 25 fevereiro.

309º óbito – Homem de 68 anos, morador do bairro Bateias, sem comorbidades relatadas. Estava internado desde o 12 de fevereiro no Hospital São Vicente, onde faleceu em 26 de fevereiro.

Clique aqui para acessar o boletim epidemiológico da SMS completo.


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

%d blogueiros gostam disto: