Avião que transportava vacina bate em jegue na pista de aeródromo de Ibotirama. Carga não sofreu danos


Quando iniciava o taxiamento na pista do aeródromo de Ibotirama, na manhã desta quarta-feira (3), o avião da Casa Militar do Governo da Bahia que fazia o transporte da vacina contra a Covid-19 para o município, além de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória no oeste do estado, acabou atropelando um jegue que estava na pista. O animal ficou ferido e fugiu do local antes de receber assistência. (Mais tarde, a Secretaria de Comunicação do Governo do Estado informou que foram dois animais).

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado Bahia (Sesab), não houve problemas com o imunizante nem com o piloto. O avião teve danos pequenos e outro foi deslocado para dar a sequência ao transporte das vacinas, que sofreu um atraso por causa do acidente.

O transporte das novas doses está sendo feito por cinco aviões e quatro helicópteros do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar da Bahia e da Casa Militar do Governador (CMG), que começaram a decolar às 7h00 de hoje. É a 6ª fase da Operação de Distribuição de Vacinas contra o novo coronavírus na Bahia. Desta vez, 42 municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e do interior receberão 88.130 doses do imunizante do Butantan, do total de 165 mil doses que chegaram ao aeroporto de Salvador na madrugada de hoje.

ATUALIZAÇÃO ÀS 14h38: A SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO INFORMOU, EM BOLETIM, QUE A AERONAVE COLIDIU COM DOIS ANIMAIS. OUÇA O ÁUDIO PUBLICADO NO SITE DA SECOM:

 


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente