Presidente da Câmara de Conquista critica aumento dos combustíveis e defende compra de vacinas pela Prefeitura


O presidente da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, Luís Carlos Dudé (MDB), pautou seu discurso na sessão desta quarta-feira (3), em dois assuntos importantes: o aumento abusivo no preço do combustível e a pandemia do novo coronavírus.

Sobre os combustíveis, Dudé destacou que cresceu em uma época em que havia aumento abusivo de dois itens: cesta básica e combustível e que o controle dos aumentos sempre foi de responsabilidade do Governo Federal e que neste momento não é diferente. “Passamos por diversos momentos na nossa política. Na época de Fernando Henrique Cardoso veio a onda ‘Fora FHC’. Depois, a culpa foi de Lula, em seguida de Dilma. Agora, o Governo Federal não pode se furtar da sua responsabilidade. A culpa é do Governo Federal e ele tem que se explicar. É inadmissível chegarmos ao preço do litro da gasolina em R$ 10,00 no fim ano”, reclamou Dudé.

Para o presidente do legislativo conquistense, o ex-prefeito e atual presidente nacional do DEM, ACM Neto está certo quando afirma que é hora de unir forças para vencer o momento difícil e que cada um precisa reconhecer a sua responsabilidade. “É responsabilidade do Governo Federal [o aumento do preço dos combustíveis] e devemos lembrar que a promessa dele era reduzir em 50% o valor dos combustíveis. Vamos cobrar”, conclamou.

VACINAÇÃO

Luís Carlos Dudé defendeu a compra de vacinas contra a Covid-19 pelos Estados e Municípios, intenção já anunciada pela prefeita em exercício de Vitória da Conquista, Sheila Lemos (DEM). “É de vacina que nós precisamos para salvar vidas. As cidades estão se dispondo a comprar junto com os estados, precisamos salvar vidas”, afirmou, clamando aos deputados que derrubem o veto do presidente que proíbe a compra de vacinas pelos estados e municípios.

Ainda conforme Dudé, para vencer a Covid-19 é necessária a busca constante de soluções eficazes e ações que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas. “Só assim vamos conseguir preservar a vida”, concluiu.


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente