Bancada baiana defende recursos no Orçamento para adutora de B. Jesus da Lapa a Riacho de Santana e Igaporã


A bancada federal baiana já protocolou junto à Comissão Mista de Orçamento (CMO) um conjunto de 18 emendas à lei orçamentária de 2021, dentre elas a que trata da construção da Adutora Bom Jesus da Lapa/Riacho de Santana/Igaporã, no valor de R$ 49,6 milhões, com o objetivo de resolver definitivamente o problema da escassez de água nessas localidades. A inclusão deste pleito está sendo comemorada pelo deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA), que foi o autor da indicação à bancada.

“Esta é mais uma importante conquista que obtivemos. Agora vamos lutar junto à CMO pela sua aprovação no orçamento da União para 2021”, anima-se o deputado Waldenor, que lembra de suas investidas anteriores na defesa da adutora. Em 2018 ele conseguiu garantir a sua indicação na bancada baiana destinando no orçamento daquele ano recursos no valor de R$ 8 milhões para a obra, mas um remanejamento do presidente Bolsonaro retirou R$ 6 milhões do montante.

O que sobrou dos recursos da emenda resultou na elaboração do projeto executivo da obra da adutora, realizado pela Codesvasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. Agora, com o projeto executivo pronto, a bancada está prestes a assegurar os recursos necessários para a sua realização. “Essa é uma luta antiga e prioritária do nosso mandato para atender à população de Bom Jesus da Lapa, Riacho de Santana e parte de Igaporã e resolver de uma vez por todas o problema da falta de água”. reforçou Waldenor Pereira.


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente