Prefeitura de Conquista quer o fim do lockdown e reduzir toque de recolher. Veja propostas feitas ao governador


O governo municipal de Vitória da Conquista decidiu rever sua ação em relação às medidas restritivas implantadas pelo governo estadual para tentar conter o avanço das taxas de contaminação pelo novo coronavírus, internações hospitalares e óbitos. Depois que o secretário de Administração, Kairan Figueiredo Rocha, coordenador do comitê governamental que trata da pandemia, afirmou que a Prefeitura faria mudanças nos horários de funcionamento do comércio, principalmente bares e restaurantes, e modificações nos decretos municipais que respaldam as medidas estaduais, a opção foi enviar um ofício ao governador Rui Costa (PT) solicitando que ele, o governador, faça as mudanças.

A carta, assinada por Kairan Rocha e Ramona Pereira, secretária de Saúde, lista as modificações que, de acordo com eles, devem ser implementadas, já que, na análise da administração municipal, as medidas decretadas pelo Governo do Estado não surtiram efeito em Vitória da Conquista. Diz o documento: “Portanto, o munícipio sugere as medidas relacionadas abaixo, uma vez que entende que são mais eficazes do que as atualmente aplicadas:”

– Ficará proibida a locomoção noturna e suspensão de atividades não essenciais, vedando a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos locais e praças públicas, das 22h00 às 5h00, pelo período de 11 de março até 1º de abril
de 2021;
– O transporte público encerará às 22h00 retornando as 5h00, pelo período de 11 de março até 1º de abril de 2021;
– Os estabelecimentos que prestam serviços, poderão funcionar das 8h00 às 18h00, de 11 de março a 1º de abril de 2021;
– O comércio de rua, entre os dias 11 de março e 1º de abril de 2021, poderá funcionar de segunda a sexta-feira das 9h00 às 19h00, e no sábado das 8h00 às 12h00;
– Os bares, restaurantes e congêneres, poderão funcionar até as 21h00, de 11 de março a 1º de abril de 2021, ficando proibida a venda de bebidas alcoólicas nos finais de semana;
– No período de 11 de março a 1º de abril de 2021, durante os finais de semana, fica terminantemente proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos;
– Os Shopping Centers poderão funcionar das 10h00 às 20h00, pelo período de 11 de março a 1º de abril de 2021, seguindo todos os protocolos sanitários contra a disseminação da Covid-19, sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas durante os finais de semana;
– As feiras livres, seus quiosques e similares para vendas de alimentos, poderão funcionar de 11 de março a 1º de abril de 2021, ficando vedada a venda de bebidas alcoólicas aos finais de semana;
– Os serviços de delivery poderão funcionar até as 24h00, pelo período de 11 de março a 1° de abril de 2021;
– Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30% (trinta por cento) levando-se em consideração o local onde ocorre os encontros, observando ainda o toque de recolher.

Kairan e Ramona ressaltam “que a mudança no horário do toque de recolher busca evitar a aglomeração de pessoas, uma vez que amplia o tempo de acesso ao comércio, diminuindo o fluxo nos horários de pico” e asseguram que “a fiscalização se manterá e os estabelecimentos que eventualmente descumpram as regras acima, serão responsabilizados”.


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente

%d blogueiros gostam disto: