Covid-19 | Aumentam casos, ocupação hospitalar e mortes, mas cai internação de conquistenses em UTI após “lockdown”


Ontem (domingo, 21) foi o 31º dia do toque de recolher implantado pelo Governo do Estado em toda a Bahia, no dia 19 de fevereiro, com o objetivo de conter o aumento da contaminação pelo novo coronavírus e de internações hospitalares e mortes por Covid-19.

O BLOG fez um levantamento de alguns dos índices da doença em Vitória da Conquista desde o primeiro dia de vigência das medidas restritivas, a partir dos boletins diários da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e constatou que, nos 31 dias, houve um crescimento de 6,10% de casos e de 51,28% de mortes de moradores do município, comparado com igual período imediatamente anterior. De 19 de janeiro a 18 de fevereiro, foram registrados 2.885 casos e 39 óbitos, enquanto entre 19 de fevereiro e ontem ocorreram 3.061 casos e 59 mortes por Covid-19.

Também subiu a média da taxa de ocupação de UTI, que foi de 80,33% (56 pessoas) no período anterior e de 88,41% (62 pessoas) nos 31 dias do toque de recolher.  A ocupação de UTI se manteve acima de 81%, ou seja, pelo menos 57 pacientes internados, desde 7 de fevereiro. O ápice foi no último sábado (20), quando 97% dos 70 leitos de terapia intensiva estavam ocupados (68 pessoas internadas). Antes, em 18 de fevereiro, véspera das medidas restritivas, a ocupação de UTI chegou a 95% A menor taxa foi no dia 3 daquele mês: 64,30% (45 pacientes).

O que chama a atenção é que, apesar dos altos índices de ocupação nas UTIs do SUS exclusivas para Covid-19 em Vitória da Conquista, tem caído a média moradores do município internados nesses leitos. No período anterior ao toque de recolher, a média percentual era de 29,36% (média de 20,55 pessoas por dia), tendo chegado, mais de uma vez, a 32,9%, equivalente a 23 pessoas.

QUEDA

Depois da implantação da medida restritiva, os percentuais de ocupação de UTI continuaram altos, inclusive as internações de moradores de Conquista. Em 14 dias de vigência do toque de recolher, a taxa foi igual ou superior a 90% e sempre acima de 80%.

No caso de conquistenses internados, entre 24 e 28 de fevereiro foram atingidos índices muito altos, chegando a 37,1% (26 pessoas) nos dias 25, 27 e 28 de fevereiro. Contudo, a partir de 1º de março, foi verificada grande redução.

Três dias antes, o governador Rui Costa havia determinado um lockdown parcial, permitindo apenas o funcionamento de atividades essenciais no fim de semana, começando às 17h00 da sexta-feira (26) às 5h00 de segunda-feira (1º). A taxa de ocupação de 37,1%, equivalente a 26 pessoas internadas, caiu para 27,1%, ou 19 pacientes, na segunda-feira.

A medida mais restritiva foi suspensa no final de semana seguinte (5, 6 e 7 de março), e voltou a valer para os demais.

A redução foi mais acentuada a partir do dia 8 de março, quando a quantidade de moradores de Vitória da Conquista internados em UTI foi de 13 pessoas, taxa de 18,6%, e chegou a dez pessoas (14,3%) nos dias 10, 12 e 13. Entre 8 de março e ontem (21), quando 11 pessoas de Conquista estavam ocupando leitos de terapia intensiva – equivalente a 15,7% de taxa -, a média de ocupação foi de 12 moradores do município, ou 17,25%, por dia, uma redução de 37,7% em relação ao período de duas semanas anterior, que foi de 27,64%, equivalente a 19 pacientes. Desde 8 de março, apenas em três dias a taxa de ocupação de conquistenses foi igual ou superior a 20%, ou seja, acima de 14 pessoas.

ANTES DO TOQUE DE RECOLHER
DATA CASOS ÓBITOS OCUPAÇÃO UTI CONQUISTENSES INTERNADOS QUANTIDADE PACIENTES
19/01/2021 15 2 82,90% 27,10% 19
20/01/2021 156 1 88,60% 32,90% 23
21/01/2021 133 3 80,00% 30,00% 21
22/01/2021 78 1 81,40% 28,60% 20
23/01/2021 82 0 75,70% 30,00% 21
24/01/2021 93 1 78,60% 28,60% 20
25/01/2021 30 3 77,10% 30,00% 21
26/01/2021 103 0 81,40% 30,00% 21
27/01/2021 182 2 82,90% 31,40% 22
28/01/2021 139 0 78,60% 30,00% 21
29/01/2021 89 4 72,90% 32,90% 23
30/01/2021 4 1 74,30% 32,90% 23
31/01/2021 1 0 72,90% 27,10% 19
01/02/2021 187 1 80,00% 28,60% 20
02/02/2021 79 5 68,60% 25,70% 18
03/02/2021 151 3 64,30% 24,30% 17
04/02/2021 101 1 72,90% 25,70% 18
05/02/2021 82 1 74,30% 30,00% 21
06/02/2021 81 0 70,00% 27,10% 19
07/02/2021 22 0 81,40% 25,70% 18
08/02/2021 65 0 88,60% 28,60% 20
09/02/2021 97 0 90,00% 32,90% 23
10/02/2021 157 1 88,60% 32,90% 23
11/02/2021 84 0 87,10% 31,40% 22
12/02/2021 67 0 84,30% 30,00% 21
13/02/2021 124 2 84,30% 30,00% 21
14/02/2021 5 1 85,70% 32,90% 23
15/02/2021 104 1 84,30% 30,00% 21
16/02/2021 146 2 81,40% 27,10% 19
17/02/2021 180 2 81,40% 25,70% 18
18/02/2021 48 1 95,70% 30,00% 21
2885 39 80,33% 29,36% 20,54
DEPOIS DO TOQUE DE RECOLHER
DATA CASOS ÓBITOS OCUPAÇÃO UTI CONQUISTENSES INTERNADOS QUANTIDADE PACIENTES
19/02/2021 113 1 94,30% 28,60% 20
20/02/2021 119 6 92,90% 24,30% 17
21/02/2021 8 1 93,00% 21,43% 15
22/02/2021 89 1 84,30% 25,70% 18
23/02/2021 151 3 80,00% 22,90% 16
24/02/2021 93 3 81,40% 31,40% 22
25/02/2021 108 1 90,00% 37,10% 26
26/02/2021 95 2 82,80% 35,70% 25
27/02/2021 100 2 84,20% 37,10% 26
28/02/2021 102 2 87,10% 37,10% 26
01/03/2021 15 3 85,70% 27,10% 19
02/03/2021 127 3 87,10% 27,10% 19
03/03/2021 185 3 87,20% 22,90% 16
04/03/2021 126 2 84,30% 20,00% 14
05/03/2021 134 4 92,90% 20,00% 14
06/03/2021 89 2 88,60% 20,00% 14
07/03/2021 35 0 85,70% 22,90% 16
08/03/2021 64 2 84,30% 18,60% 13
09/03/2021 52 4 90,00% 17,14% 12
10/03/2021 228 1 85,70% 14,30% 10
11/03/2021 159 2 94,30% 20,00% 14
12/03/2021 94 4 90,00% 14,30% 10
13/03/2021 105 1 88,60% 14,30% 10
14/03/2021 5 3 88,60% 20,00% 14
15/03/2021 52 0 90,00% 15,70% 11
16/03/2021 96 1 84,30% 15,70% 11
17/03/2021 180 0 91,40% 17,14% 12
18/03/2021 173 1 91,00% 18,60% 13
19/03/2021 118 1 94,00% 18,60% 13
20/03/2021 43 0 97,10% 21,43% 15
21/03/2021 3 0 90,00% 15,70% 11
3061 59 88,41% 22,67% 15,87

Fonte: Boletim da Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

FOTO: SIDNEI FERRAZ


Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

2 thoughts on “Covid-19 | Aumentam casos, ocupação hospitalar e mortes, mas cai internação de conquistenses em UTI após “lockdown”

  1. Difícil defender um isolamento mais rígido na cidade de os números demonstram que a maior parte do internamento é de fora. Acredito que devemos continuar com o distanciamento, proibição de eventos, abertura de bares e etc… Assim como está.

    1. Os mortos não contam? Dois por dia, em média? O problema é sobre adoecer e morrer ou sobre internar? E se as internações caíram por causa das medidas?

Comente