As lembranças nos salvam de ser afogados pela solidão

Na minha adolescência eu tinha muitos amigos legais. Alguns eu nunca mais vi ou soube deles. Um era João. Três coisas muitos marcantes fazem dele uma das pessoas de quem mais me lembro. E sinto saudade. Ele namorava uma bela garota – de quem não…

Leia Mais As lembranças nos salvam de ser afogados pela solidão

Pesquisas eleitorais. No que crer, afinal?

Pesquisa é um instantâneo da realidade, uma foto do momento. Isso serve para explicar quase tudo: quando uma pesquisa desagrada ou quando ela é muito boa. Neste caso, significa que – maravilha – “estamos muito bem”. No outro caso justifica os baixos percentuais de um…

Leia Mais Pesquisas eleitorais. No que crer, afinal?

Pintura de muro não é marketing. É esculhambação.

Duas das coisas mais atrasadas nas campanhas eleitorais do Brasil são a pintura de muros e a propaganda em carros de som. Só servem para poluir. Pode até ser no interior, bem para dentro do estado, um carro de propaganda rodando com uma música de…

Leia Mais Pintura de muro não é marketing. É esculhambação.

Tirando o fígado (e o blog) da campanha eleitoral

O leitor mais freqüente do blog deve ter reparado que alguns posts sumiram. Eu os apaguei. A minha ideia com o blog era manifestar uma opinião independente e sem paixão, a mais informativa possível. Mas, ultimamente, andei muito engajado e acabei escrevendo alguns textos um…

Leia Mais Tirando o fígado (e o blog) da campanha eleitoral

Opinião independente: Serra e Dilma calculam mal o twitter

Publiquei no twitter que os candidatos José Serra e Dilma Rousseff estão avaliando mal as redes sociais, especialmente o tal twitter. Serra crê que lhe bastam as aparições madrugadeiras, respondendo aos elogios e passando por cima dos questionamentos, numa “conversa de comadres”. Já Dilma acredita…

Leia Mais Opinião independente: Serra e Dilma calculam mal o twitter

Cuidado com a criatividade dos arautos da tragédia

Há um ditado, sentença, provérbio (escolha você) popular muito usado quando alguém ou um grupo é atacado ou perseguido com mentiras ou piadas de mau gosto: os cães ladram e a caravana passa. Vou evitar usar neste texto sobre a forma como os adversários do…

Leia Mais Cuidado com a criatividade dos arautos da tragédia

A batata de Dunga assou. Thiago Melo, esse…

Li nos olhos da Globo. Coitados de Dunga, Felipe Melo e Jorginho (e do juiz japonês). Felipe Melo “fez” o primeiro gol da Holanda, atrapalhou o coitado do Júlio César, depois foi expulso, esse grosso, ignorante e estúpido, tão estúpido quanto Dunga. Esse gaucho Zé…

Leia Mais A batata de Dunga assou. Thiago Melo, esse…

Recados de Dilma impactam Geddel, que silencia

Foi, inquestionavelmente, uma festa gigantesca com público estimado de 6 a 7 mil pessoas, a convenção do PT realizada ontem. A quantidade de gente presente, aliás, levou o PMDB a, mais uma vez, tentar uma de suas polêmicas com o PT. No twitter, assessores de…

Leia Mais Recados de Dilma impactam Geddel, que silencia

Dificuldades para Paulo Souto às portas da convenção

Neste sábado o DEM baiano faz a sua convenção, no Clube Espanhol, combinada com a do tucano José Serra. O partido prepara uma grande festa, afinal, imaginam que a partir da convenção a candidatura do ex-governador Paulo Souto poderá pegar o embalo e se consolidar…

Leia Mais Dificuldades para Paulo Souto às portas da convenção

Microcontos 2 – A evolução

De hoje, 05 de junho de 2010: 1. Vendo os pelos negros, lisos e brilhantes quando ela se espreguiçou elogiou os jeans de cintura baixa e, já velho, se viu erótico outra vez. 2. Os dois dizem que se amam. Ela objetiva, ele disperso. Vive…

Leia Mais Microcontos 2 – A evolução

Microcontos no Twitter

Abaixo vão os quatro microcontos que postei no meu Twitter. São pequenas histórias, com começo, meio e fim, escritas por um quase estreante. Já escrevi contos mais longos, até ganhei dinheiro com um deles*, mas há muito não pensava nisso. Agora, aproveitando a audiência do…

Leia Mais Microcontos no Twitter

De Waldir a Pinheiro. Nisso não há trauma.

Eu preferia Waldir. Queria que ele voltasse a Brasília como senador, para encerrar à altura uma carreira política que sempre nos encheu de orgulho.  Waldir Pires é o mais antigo político baiano em atividade e deveria ser o mais respeitado. Waldir conhece a Bahia como…

Leia Mais De Waldir a Pinheiro. Nisso não há trauma.